Curiosidades, Saúde

O que é o chamado Espectro do Autismo?

Como bem sabemos, o autismo é um transtorno complexo de desenvolvimento que compromete a interação social e a comunicação, é comum que seja diagnosticado já aos 3 anos de vida. Porém, é comum que ouçamos o termo espectro quando falamos sobre o assunto… Vamos descobrir o que é?

Em maio de 2013 houve o lançamento da 5º edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais frequentemente chamado de DSM-V e nele mudanças extremamente importantes foram trazidas que mudam bastante o diagnóstico e o nome das doenças e condições que até então já existiam, porém eram vistas de uma forma diferente. A Síndrome de Asperger, por exemplo, agora é considerado um tipo de Autismo que faz parte do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

Ou seja, agora a neurologia considera que exista um espectro que engloba três tipos de autismo. O primeiro é a Síndrome de Asperger, um transtorno neurobiológico considerado uma forma branda de autismo que causa problemas em habilidades sociais, principalmente de interação com outras pessoas, comportamentos repetitivos, rituais incomuns, problemas de coordenação, interesses específicos e alguns talentos, sendo excepcionalmente inteligentes em determinada área.

Depois, existe o Transtorno Autista ou ainda Autista Clássico que é aquele com atraso de linguagem significativo, que possui grandes desafios sociais e também de comunicação, além disso possui interesses e comportamentos incomuns e, infelizmente, muitos possuem deficiência intelectual. Já o último é o de Transtornos Invasivos do Desenvolvimento e inclui sintomas menores, mais leves e incluem desafios sociais e de comunicação.

Além disso, temos três níveis de gravidade relacionados ao autismo. O nível 01 se chama Exigindo Apoio e inclui dificuldade na comunicação com prejuízos notáveis, dificuldade para interações e respostas atípicas compõe o quadro junto com inflexibilidade, dificuldade na troca de atividades e problemas de organização e planejamento. O nível 02 se chama Exigindo Apoio Substancial e inclui déficits graves nas habilidades sociais, limitação em interações sociais e resposta reduzida ou anormal a aberturas sociais dos outros, também possui dificuldade para lidar com mudanças e é conhecido por seus comportamentos restritos e repetitivos, sofre para mudar de foco ou de atenção.

O último é o nível 03 que se chama Exigindo Apoio Muito Substancial, ou seja, existe grave dificuldade na comunicação verbal e não verbal, o que causa graves prejuízos nas interações que possuem respostas mínimas, a parte comportamental também é extremamente complicada já que possui muita dificuldade em lidar com mudanças ou ainda com outros comportamentos repetitivos que interfiram no seu funcionamento.

Você conhecia essas informações? Comente!

Você também pode gostar de