Curiosidades

Qual foi o filme mais perigoso da história?

Seu nome é Roar e para o Brasil foi traduzido como Homens e Feras. Ele é um filme estadunidense de 1981 que faz um misto entre aventura, suspense e horror. Foi dirigido por Noel Marshall a partir do seu roteiro feito em parceria com Ted Cassidy e foi considerado o filme mais perigoso da história!

O longa conta a história de Hank, interpretado pelo próprio Noel Marshall, um homem americano que vive na África com diversos leões, tigres, pumas, jaguares e outros felinos com o objetivo de estudar seus comportamentos. Sua esposa e seus três filhos decidem que irão morar com ele em sua bela casa e é neste momento que tudo começa a dar errado. O longa é considerado o filme mais perigoso da história função de 70 membros da equipe de produção e elenco terem se machucado durante a produção. Para você ter uma ideia, vou contar um pouco sobre os terríveis acidentes que ocorreram.

Começando pelo cineasta Jan de Bond que em um ataque de leão teve todo o seu couro cabeludo arrancado e levou 220 pontos. A famosa atriz Tippi Hedren teve sua perna fraturada e couro cabeludo machucado quando foi atacada por um elefante que a sacudiu quando ela cavalgava. Além disso, a atriz também levou uma mordida no pescoço dada por um dos leões e levou 38 pontos, o mais bizarro é que esta cena foi utilizada no filme!

Melanie Griffith que interpretou a filha também foi atacada e precisou levar 50 pontos em seu rosto, seu maior medo era perder um dos olhos, porém foi operada por excelentes profissionais que não deixaram sequela. O diretor Noel Marshall também não passou em branco e foi atacado tantas vezes que precisou ser internado com o diagnóstico de gangrena. Um dos incidentes mais graves foi quando uma chita o atacou quando tentava proteger os animais de um incêndio que ocorreu em 1979.

Demorou vários anos para que Marshall se recuperasse dos ferimentos, foram tantos acidentes que muitas pessoas da produção iam embora e nunca mais voltavam ao set, além disso alguns leões também adoeceram durante as filmagens e acabaram falecendo. O diretor em certa ocasião também foi mordido por um desses leões e levou 56 pontos, seu irmão Jerry também levou uma mordida que ocorreu em seu pé, o diretor assistente Doron Kauper teve a garganta e mandíbula mordidas por um leão que tentava arrancar sua orelha, ele também foi ferido na cabeça, peito e coxa em um ataque quase fatal.

Como ninguém morreu eu não faço a menor ideia, porém o nível de irresponsabilidade dessa produção é simplesmente absurdo. Pense você na ideia ‘genial’ de reunir diversos felinos selvagens em um espaço limitado para ‘atuar’… Só podia mesmo ser este o filme mais perigoso da história.

Você conhecia esta história? Comente!

Você também pode gostar de