Curiosidades

O que causa as tempestades de areia?

O que causa as tempestades de areia?

Ao longo de toda a sua vida, é bem provável que você já tenha vivenciado algum tipo de tempestade. Mas você já viu uma tempestade de areia? Como fenômenos meteorológicos, as tempestades de areia são comuns em regiões semi-áridas e áridas do mundo. De fato, as terras áridas ao redor da península arábica e no norte da África, assim como as regiões áridas do Irã, Paquistão e Índia, são as mais suscetíveis a tempestades desse tipo. Mas afinal o que causa as tempestades de areia?

As tempestades de areia surgem através dos processos de salinização e suspensão, que são processos que movem o solo de um lugar e o depositam em outro. Quando um vento forte age sobre um terreno seco, empoeirado ou arenoso, as partículas maiores de poeira ou areia vibram e se deslocam sobre o chão repetidamente. Este processo acaba quebrando essas partículas de areia ou poeira em partículas ainda menores. Logo, essas partículas serão pequenas o suficiente para permanecer em suspensão e, consequentemente, se deslocarão com o vento para lugares distantes.

Em terras áridas, como os desertos, as tempestades de poeira são causadas principalmente devido a vazões de tempestades ou por conta da criação de fortes gradientes de pressão que dão origem a ventos de alta velocidade que fluem sobre uma grande área. O peso das partículas suspensas e o nível de estabilidade atmosférica determinam a extensão vertical da poeira ou areia que é levantada. Vale destacar que algumas práticas agrícolas também podem desencadear tempestades de areia em uma determinada área. A agricultura de sequeiro é uma das técnicas agrícolas que podem expor grandes quantidades de poeira e areia ao ar. Em alguns casos, as partículas podem ser levantadas até aproximadamente 6 mil metros acima do solo!

Curiosamente, astrônomos já puderam observar a ocorrência de tempestades de areia em Marte, onde as tempestades desse tipo têm uma extensão muito mais ampla do que na Terra, de modo que muitas vezes circundam todo o planeta. Lá, a velocidade do vento pode chegar a mais de 90 km/h, no entanto, os ventos marcianos não podem atingir a velocidade dos ventos de furacões da Terra devido à pressão atmosférica que é muito menor no planeta vermelho.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: