Curiosidades

O que são raios crepusculares?

Você já observou um tipo de fluxo espesso de luz solar emergindo verticalmente de um conjunto de nuvens como se fosse algo “divino”? De fato, muitas pessoas que presenciaram um evento desse tipo já chegaram a associá-lo com algo “milagroso” e “sobrenatural”. Mas, na verdade, esse fenômeno, cientificamente chamado de “raios crepusculares”, conta com um processo de formação totalmente explicável pela ciência, sendo geralmente descrito como um dos mais belos tipos de ilusão de ótica.

Na prática, os raios crepusculares surgem quando o Sol é parcialmente eclipsado por objetos, como as nuvens, que fazem com que vários feixes de luz saiam apenas de áreas que não estão cobertas. Na prática, isso pode ser um buraco ou um pequeno espaço entre as nuvens que permitem que a luz do sol “escape” e atinja o chão. O fato de podermos ver os feixes de luz fluindo da nuvem com tanta facilidade é decorrente da presença de neblina, poeira transportada pelo ar ou até mesmo gotículas de água suspensas na atmosfera. Essas partículas de dispersão de luz que flutuam na atmosfera acabam destacando o caminho da luz solar, o que consequente origina a formação de feixes tão magníficos no céu.

O simples fato de ver raios crepusculares pode nos dar uma sensação de que os raios do Sol emergem de um único ponto. É por isso que, depois de observar esse fenômeno da luz do sol através da nuvem, muitas pessoas acabam acreditando erroneamente que é a nuvem que está emitindo os raios. De fato, os raios crepusculares são também chamados de “raios divinos”, já que os feixes irradiantes dão uma sensação de um poder celestial logo atrás da nuvem. No entanto, isso é apenas uma ilusão, uma vez que os raios de luz são sempre paralelos entre si.

É importante destacar que não são apenas as nuvens que podem criar esse efeito visualmente bonito. Por exemplo, quando o Sol “se esconde” atrás das montanhas, você também pode presenciar esse tipo de fenômeno. Você pode ver este efeito até mesmo diretamente em sua casa, através de janelas ou algum outro tipo de abertura semelhante.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de