Curiosidades, Entretenimento

Quem foi a primeira afro-descendente a receber um Oscar?

Como bem sabemos, o preconceito racial é algo que existe a séculos e nos Estados Unidos sempre foi presente de forma muito fortalecida, logo saber quem foi a primeira artista afro-descendente a ganhar um Oscar é uma obrigação e um símbolo de respeito a todos os que tentaram e não conseguiram devido ao preconceito.

Seu nome é Hattie McDaniel, nascida em Wichita (EUA) em 10 de junho de 1985. Ela era atriz e cantora, seus pais eram o pastor batista Henry McDaniel e a cantora gospel Susan Holbert. Sua avó paterna foi escrava em um grande latifúndio na Virgínia e seu pai nasceu como escravo também. Ele serviu ao Exército da União como soldado durante a Guerra Civil Americana, ela teve 13 irmãos e era a mais jovem de todos.

Já em 1910 ela comprovou que veio ao mundo fazer a diferença e mostrar que estava acima do preconceito. Ela foi a única afro-americana a participar do Women’s Christian Temperance Movement onde ganhou uma medalha por recitar um poema escrito por ela mesma chamado Convict Joe. Foi assim que ela decidiu que gostaria de ser uma artista, abandonando a escola já no segundo ano para viajar pelo país com um grupo de músicos formado por seu pai e dois irmãos: Otis e Sam. Em 1916 Otis faleceu e o grupo se desestruturou, já em 1920 Hattie se uniu ao elenco da peça teatral Melody Hounds de George Morrison onde recebeu ótimas críticas.

Este foi o começo de uma grande carreira. Hattie foi uma das primeiras mulheres afro-americanas a ter sua voz emitida pelo rádio. Na época ela cantava e continuava atuando em peças da cidade onde interpretou diversos papeis. Finalmente, em 1931 se mudou para Los Angeles para tentar a vida no cinema e quando não estava trabalhando nos filmes, era empregada doméstica ou cozinheira. Na década de 30 participou de muitos filmes, entretanto seu nome não aparecia nos créditos da maioria.

Em toda a sua carreira a atriz apareceu em mais de 300 filmes, entretanto está presente nos créditos de apenas 80. Por 20 anos tudo o que ela poderia interpretar eram empregadas domésticas. Na época ela dizia “Por que devo reclamar enquanto ganho 700 dólares por semana sendo uma empregada nas telas? Se não fosse uma nas telas, ganharia sete dólares por semana sendo uma de verdade.” Em 1934 ela foi protagonista pela primeira vez em Judge Priest, sendo este um dos únicos da sua carreira em que fez o papel principal.

Foi em 1939 que ela fez o papel de maior destaque de sua vida em … E o Tempo Levou onde interpretou Mammy. Foi por este papel que ela recebeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 29 de fevereiro de 1940. Ela também foi a primeira negra a ser convidada a participar da cerimônia do Oscar e não ir até lá como servente. Para que pudesse assistir a cerimônia, foi necessário que os organizadores do Oscar pedissem uma autorização especial onde McDaniels fosse autorizada a entrar no prédio já que na época, pessoas negras não eram permitidas.

Incrível sua história, não é mesmo? Comente!

Leia Também: