Curiosidades, História

Conheça a sobrevivente da mais alta queda livre sem uso de paraquedas

Conheça a sobrevivente da mais alta queda livre sem uso de paraquedas

Todos os dias centenas de pessoas saltam de aviões para sentir a adrenalina da queda livre, porém todas elas utilizam paraquedas para abrir após certo tempo e descer em segurança. Não foi isso que aconteceu com Vesna Vulović.

Vesna Vulović nasceu em 3 de janeiro de 1950 e foi por toda vida comissária de bordo na Sérvia. Certo dia ela embarcou no avião DC-9 que fazia a rota 367 da JAT e que explodiu sobre a cidade de Srbská Kamenice, antiga Checoslováquia (hoje República Tcheca). Isso aconteceu no dia 26 de janeiro de 1972 quando ela tinha 22 anos. Por sorte, ela conseguiu se manter presa ao seu assento que ficou fixado nos banheiros do avião, dando a ela certa segurança.

Ela caiu de 10 mil 160 metros de altura até que sua parte do avião atingiu uma montanha coberta por neve. Acredita-se que seu voo tenha explodido devido a uma bomba terrorista. Vesna sobreviveu, porém quebrou as duas pernas e ficou em coma por 27 dias e temporariamente paralítica. Nenhum outro passageiro sobreviveu a queda e Vesna hoje faz parte do Livro Guinness dos Recordes por ser a sobrevivente da queda livre mais alta sem uso de paraquedas.

Vesna faleceu em 23 de dezembro de 2016, foi encontrada morta em seu apartamento na cidade de Belgrado e as causas de sua morte são desconhecidas.

Incrível sua história, não é mesmo? Comente!

Leia Também: