Curiosidades

Em quanto está avaliada a fortuna do Bill Gates?

Em quanto está avaliada a fortuna do Bill Gates?

Bill Gates é uma daquelas pessoas cujo nome é incrivelmente familiar e que costuma servir como sinônimo de uma enorme riqueza e de um mega sucesso. O principal fundador da gigante de computação e softwares Microsoft Corporation, Bill Gates é conhecido como um dos empresários mais famosos do nosso tempo, além de também ter se tornado conhecido como filantropo, humanitário, investidor e até mesmo autor de livros. Mas como será que esse marido e pai de três filhos conseguiu obter uma incrível fortuna e um legado tão duradouro? Em quanto está avaliada toda a sua fortuna? Ao longo desse post, você vai ficar por dentro da cifra bilionária que constitui a fortuna do Bill Gates, além de descobrir como ele conseguiu construir uma carreira de sucesso.

Como o Bill Gates ficou rico?

Antes de abordarmos os números da sua fortuna, vamos primeiramente entender como ele construiu todo o seu império. Para isso, vamos voltar aos anos 60 para entender melhor a trajetória de William Henry Gates III. Nascido em 1955, o agora chamado simplesmente de “Bill Gates”, nasceu e foi criado em Seattle, cidade mais populosa e mais densamente povoada do estado americano de Washington. Sua história não é um conto de alguém que “saiu pobreza para a riqueza”, já que, quando Bill nasceu, sua família já era relativamente rica. Embora seus pais inicialmente desejassem que seu filho seguisse uma carreira de direito para se tornar um advogado, Bill acabou demonstrando um interesse maior por computadores e tecnologia. De fato, foi enquanto frequentava uma escola preparatória que Gates se apaixonou pela primeira vez pelo mundo dos computadores. Naquela época, Bill passava quase todos os minutos disponíveis do seu tempo no laboratório de informática da escola e as coisas não mudaram quando ele foi para Harvard.

Eventualmente, Gates decidiu agir de acordo com o seu sonho de iniciar um empresa focada na criação de programas para computadores. No entanto, muitos especialistas em finanças e analistas costumam afirmar que, embora a empresa de Gates provavelmente tenha conseguido crescer graças às parcerias que acreditavam na sua visão sobre tecnologia da computação, a maior parte do seu sucesso inicial pode ser creditada ao fato de que seus pais puderam lhe fornecer o apoio financeiro necessário para a criação de sua empresa. Foi só em 1975 que Gates, juntamente com seu amigo Paul Allen, lançou oficialmente a empresa que denominou Microsoft e que se tornou a maior empresa de software de PC do mundo. Apesar da Microsoft ainda ter uma grande competição com a Apple, a empresa continua firme e forte, de modo que muitos especialistas dizem que isso é graças ao fato de que a Microsoft nunca teve nenhum “erro irreparável” na história da empresa.

A ascensão

Desde a criação da Microsoft até o momento em que ele deixou o cargo na empresa que iniciou, Gates ocupou vários cargos na corporação, seja como presidente, CEO ou como arquiteto-chefe de software. Até maio de 2014, Gates também era o maior acionista individual da empresa. De fato, ele sempre esteve totalmente disposto a se envolver nas questões administrativas de sua empresa e trabalhar por longas horas para ajudar a impulsionar sua próspera fabricante de softwares rumo ao topo do mercado. De fato, esta determinação persistente foi o principal fator que lhe rendeu a reputação de ser um dos empreendedores mais conhecidos da era da revolução do PC.

No entanto, Gates frequentemente recebeu críticas durante o período em que a Microsoft subiu ao topo, já que alguns concorrentes chegaram a atacá-lo por conta de suas supostas táticas anticompetitivas, que representariam práticas capazes de reduzir ou inibir a concorrência em um determinado mercado. No entanto, embora algumas decisões judiciais tenham corroborado as alegações anticompetitivas apresentadas contra Gates, elas nunca desempenharam quaisquer impactos negativos consideráveis tanto na Microsoft quanto no próprio Bill. Tanto é que Bill gates experimentou um sucesso quase que imediato com a sua empresa, sendo que o seu sucesso continuou a aumentar até ele se tornar um dos homens mais ricos do mundo.

Tá, mas qual é o tamanho da sua fortuna?

Agora que Bill Gates não tem uma participação ativa na supervisão dos acontecimentos na Microsoft, menos de um quinto de sua riqueza total vem de sua participação na empresa, que corresponde a 5% dos seus ativos. Dados mais recentes apontam que a fortuna total de Bill Gates gira em torno de $100.8 bilhões de dólares, apesar das suas muitas doações a projetos filantrópicos. De fato, é seguro dizer que a riqueza de Gates continua subindo imensamente, mesmo sem administrar a Microsoft ou ter qualquer participação relativamente grande na empresa. Isto acontece em grande parte devido ao seu senso apurado para investimentos, já que a maior parte da enorme riqueza de Gates está “escondida” em ações, bem como em ativos privados e títulos públicos.

Vale destacar que o próprio Bill Gates costuma dizer que fica muito feliz em compartilhar uma parte sua riqueza em torno de causas dignas. Junto com sua esposa, Melinda, o casal estabeleceu a Fundação Bill e Melinda Gates em 2000. Essa instituição filantrópica, que conta com uma verba que gira em torno de US $ 50 bilhões, já conseguiu ajudar muitas causas, desde a pesquisa de soluções para problemas hídricos a até mesmo a descoberta de curas para doenças, que por sua vez conseguem ajudar várias pessoas (especialmente mulheres pobres) em muitos países de terceiro mundo. Ele também acredita que sua generosidade deve ser espelhada pelas pessoas que têm condições e vontade de reservar uma parte do seu dinheiro para causas humanitárias. Além disso, Gates também fez uso dos seus relacionamentos com colegas bilionários (incluindo Warren Buffett e Carlos Slim) para criar programas de caridade em conjunto com todos eles. Por estas razões, Bill Gates é considerado o bilionário mais generoso e mais admirado por muitos.

Ou seja, a resposta curta de como Gates conseguiu acumular uma fortuna e construir um legado tão duradouro se resume a uma grande combinação que envolve ter nascido em uma família com boas condições financeiras, determinação, trabalho duro, uma paixão por computadores e investimentos diversificados, principalmente agora em sua aposentadoria.

E você, o que faria se tivesse uma fortuna como a do Bill Gates? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: