Curiosidades, Entretenimento

Descubra quais são as séries mais caras da história

Descubra quais são as séries mais caras da história

Até alguns anos atrás, a maioria das séries de TV eram produzidas com orçamentos de produção relativamente pequenos. Por conta disso, apenas algumas exceções de grandes e conceituadas redes de televisão exigiam um investimento milionário por episódio. No entanto, as coisas mudaram rapidamente e as séries de TV mais recentes passaram a receber milhões por episódio por diferentes motivos, seja por causa do elenco de peso que ela apresenta, pelos efeitos especiais produzidos ou até mesmo por conta da locação de cenários internacionais.

No entanto, como você vai ver ao longo da nossa lista a seguir, um investimento enorme nem sempre é uma garantia de sucesso. De fato, algumas séries de TV não conseguiram sobreviver por muito tempo mesmo depois do investimento de milhões de dólares em cada episódio. Por outro lado, também há certas produções listadas que não só fizeram história como ainda ganham dinheiro até hoje, mesmo anos depois do último episódio ter sido exibido. Sem mais delongas, confira a lista com as séries mais caras da história!

6. The Big Bang Theory (US $ 10 milhões por episódio)

Vamos abrir a nossa lista com a famosa série The Big Bang Theory, cuja última temporada foi ao ar em maio deste ano. Segundo o site Hollywood Reporter, cada episódio custou aproximadamente US $ 10 milhões para ser produzido.

Grande parte dos gastos foi referente aos salários dos atores. Desde 2014, Kaley Cuoco, Jim Parsons e Johnny Galecki recebiam cerca de US $ 1 milhão por episódio. No entanto, em 2017 eles tiveram um corte salarial de US $ 100 mil para ficarem com os vencimentos equilibrados com os de Kunal Nayyar e Simon Helberg, que receberiam salários de US $ 900 mil.

5. The Get Down (US $ 11 milhões por episódio)

The Get Down atraiu a atenção de muita gente no ano de 2016 por ter sido a produção mais cara da Netflix naquele ano. Segundo o site Business Insider, o orçamento inicial para a produção de Get Down girava em torno de US $ 7,5 milhões por episódio, mas o custo final foi muito superior ao esperado, totalizando um montante aproximado de US $ 11 milhões.

No entanto, ao contrário de outras séries, esse alto custo de produção não era destinado apenas para pagar o elenco ou a locação de cenários internacionais, mas para adquirir as licenças e propriedades intelectuais das canções de R&B e funk apresentadas na série. No fim das contas, talvez seja essa a razão pela qual a Netflix decidiu cancelar o programa logo após sua primeira temporada, que teve um custo total de US $ 120 milhões.

4. Band of Brothers (US $ 12,5 milhões por episódio)

Em 2001 Tom Hanks produziu esta minissérie dirigida por Steven Spielberg sobre a Segunda Guerra Mundial. Claro que, como qualquer coisa envolvendo seus nomes, essa produção exigiu altos valores de produção. Para se ter uma ideia, os dez episódios custaram cerca de US $ 125 milhões à HBO, o que dá US $ 12,5 milhões por episódio. De acordo com o site Hollywood Reporter, o alto custo de produção da série estava intimamente ligado ao nível de detalhismo apresentado ao longo da trama, incluindo roupas precisas, efeitos especiais avançados para a época e a utilização de belos cenários.

Tudo isso fez com que Band of Brothers fosse considerada uma produção audaciosa para a televisão do início do século XXI. Tanto é que, sem muita surpresa, Band of Brothers foi um sucesso não só entre o público, mas também entre os críticos, o que acabou lhe rendendo mais de 30 premiações no ano de 2002.

3. ER (US $ 13 milhões por episódio)

Exibida no Brasil sob o nome “Plantão Médico”, a série “ER” foi ao ar originalmente entre 1994 e 2009 pela rede de TV americana NBC. A série foi pioneira em muitos aspectos, o que a ajudou a se tornar o primeiro drama médico a atingir um nível considerável de sucesso. Só que tal sucesso passou a exigir investimentos em produção cada vez mais altos, sendo que em 1999 o custo com o elenco fez com que cada episódio custasse aproximadamente US $ 13 milhões.

Vale destacar que o elenco da série tinha nomes que se tornariam importantes na indústria do entretenimento. George Clooney, por exemplo, tornou-se um nome famoso na TV americana após as suas participações na trama. Outros membros do elenco que também merecem destaque incluem Julianna Margulies, Noah Wyle e Maura Tierney.

2. Game of Thrones (US $ 15 milhões por episódio)

Não é surpresa para ninguém o fato de que Game of Thrones foi a série de TV de maior sucesso já produzida pela HBO. No entanto, esse sucesso consequentemente exigiu enormes valores durante a sua produção, de modo que cada episódio precisou de um investimento médio de US $ 15 milhões na última temporada, segundo a revista estadunidense Variety. No entanto, fica até fácil entender a necessidade de tanto dinheiro quando vemos os detalhes da produção, os efeitos especiais e também os vários cenários de filmagem que retratam locais belíssimos, incluindo regiões rurais de países como Irlanda, Croácia, Espanha, Malta, entre outros.

A temporada anterior também teve um alto custo de produção, exigindo cerca de US $ 10 milhões por episódio. É importante destacar que os investimentos valeram a pena devido ao enorme sucesso comercial da série, tanto é que a própria HBO já está empenhada na produção do primeiro spin-off de Game of Thrones.

1. The Pacific (US $ 21 milhões por episódio)

Muita gente pode ficar surpresa ao saber que Game of Thrones não é a série de TV mais cara da história. Na verdade, este título pertence a The Pacific, que curiosamente também foi produzida pela HBO. Esta minissérie trata-se de um drama sobre a Segunda Guerra Mundial e cada episódio custou cerca de US $ 21 milhões para ser produzido, de acordo com o site The Hollywood Reporter.

A maior parte do orçamento foi usada para recriar os cenários da Segunda Guerra e as cenas de batalhas nos mínimos detalhes. Uma das cenas mais caras foi a que retratou a Batalha de Peleliu. Os resultados foram tão impressionantes que o episódio foi elogiado pela maioria dos críticos da mídia especializada.

E você, já assistiu a alguma das séries listadas? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: