Curiosidades, História

O Boticário: conheça a história e curiosidades dessa gigante da perfumaria

O Boticário: conheça a história e curiosidades dessa gigante da perfumaria

É praticamente impossível encontrar algum brasileiro que nunca tenha ouvido falar na rede de franquias de cosméticos e perfumes O Boticário. Com sede no Paraná, essa empresa se tornou uma verdadeira gigante do setor, figurando entre as três maiores redes de franquia de cosméticos do mundo.

Boa parte do seu sucesso está altamente relacionado à presença maciça da marca em todo o território brasileiro. Para se ter uma ideia, O Boticário conta atualmente com mais de 3 mil lojas espalhadas por mais de 1.700 municípios do país.

Mas, afinal, como esse império da beleza surgiu? O que faz com que O Boticário consiga obter um sucesso tão grande em um nicho de mercado tão concorrido? Ao longo desse post, você vai conhecer um pouco da história dessa empresa e ficar por dentro de algumas curiosidades que podem ajudar a responder essas perguntas.

O início de tudo

Pouca gente sabe, mas O Boticário surgiu em 1977 como uma farmácia de manipulação no município de São José dos Pinhais, no Estado do Paraná. A empresa foi fundada pelo bioquímico Miguel Krigsner, nascido na Bolívia mas estabelecido na capital paranaense, Curitiba, desde os 11 anos. Embora tivesse o diploma de bioquímico, Miguel decidiu que preferia tentar abrir um negócio próprio em vez de trabalhar numa indústria farmacêutica ou num laboratório.

Segundo Miguel, o que mais lhe incomodava era a perspectiva monótoma de ter de passar os dias num laboratório ou dentro de uma fábrica. Foi então que um curso de farmácia de manipulação que ele resolveu fazer acabou despertando o seu espírito empreendedor, levando-o a ver ali uma boa oportunidade de negócio. Vale destacar que, naquela época, havia uma crescente valorização da alimentação natural e da medicina alternativa, o que poderia ajudar na nova empreitada de Miguel.

Foi com isso em mente que ele resolveu investir todos os seus esforços no conceito de aviar fórmulas prescritas pelos médicos em composições específicas para cada paciente. Essa atividade também permitiria a formulação de cremes, loções e xampus personalizados, o que poderia ser o suficiente para construir uma empresa sólida. E era exatamente isso o que viria a acontecer.

A inusitada compra dos frascos antes pertencentes ao Silvio Santos

Com a inauguração do seu novo estabelecimento, o espírito visionário de Miguel passou a acreditar que a sua marca poderia expandir as suas atividades para todos os cantos do país, até porque os cuidados com a pele sempre foram uma espécie de “paixão nacional”. No entanto, a tal expansão não seria possível sem um “empurrãozinho” de um outro empreendedor chamado Silvio Santos. Sim, aquele mesmo!

Naquela época, Silvio Santos tinha o sonho de lançar uma marca de cosméticos (algo que por si só já ajuda a explicar a existência da Jequiti) e por isso havia comprado cerca de 70 mil frascos de perfume para iniciar a sua empresa em 1979. No entanto, como ele acabou ganhando a concessão para criar o SBT no mesmo período, ele acabou desistindo de investir na área de perfumaria.

Assim que ficou sabendo da desistência de Silvio, Miguel decidiu comprar todos os frascos, o que era uma decisão arriscada, uma vez que ele era químico e sua loja ainda não passava de uma pequena farmácia de manipulação. Mesmo assim, ele resolveu ir adiante com o plano e comprou todos os itens.

A expansão e consolidação da marca

Com o passar do tempo, os medicamentos manipulados foram dando espaço aos cremes, perfumes e outros itens de cuidados pessoais, originando a rede O Boticário que conhecemos hoje. O pontapé para o sucesso foi dado com a inauguração da segunda loja de Miguel Krigsner, instalada no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais (PR). Segundo o empresário, os próprios clientes serviram como marqueteiros do negócio, pois eles compravam as colônias para dar de presente a amigos e familiares de outras partes do Brasil.

No ano de 1980, a primeira franquia da marca foi aberta em Brasília (DF), e depois disso os números da empresa só cresceram. Outro marco de destaque na história da empresa foi a sua expansão internacional, que se iniciou com a abertura de uma loja em Portugal em 1985. Dois anos depois, a franquia já estava inaugurando a sua milésima unidade!

No entanto, nada disso foi fácil. Miguel Krigsner já disse ter enfrentado algumas crises financeiras, as quais só foram superadas graças às suas abordagens no mundo financeiro de uma forma ética ao mesmo tempo em que tentava extrair das adversidades o maior benefício possível. Além disso, ele disse que é preciso inovar constantemente, oferecendo aos consumidores produtos especialmente desenvolvidos para que superem as suas expectativas.

Confira abaixo algumas curiosidades interessantes sobre a marca:

  • O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Boticário em São José dos Pinhais possui 8.000 metros quadrados e emprega 230 pesquisadores. O centro é tão grande que, para se ter uma ideia, ele tem a capacidade para desenvolver mais de 2.000 produtos ao mesmo tempo;
  • Visando a área humanitária, essa fabricante de cosméticos possui um programa especial para gestantes que inclui cursos, acompanhamento psicológico e palestras com nutricionais, obstetras, pediatras e outros profissionais que ajudam a compartilhar informações que envolvem os cuidados com os bebês;
  • No mesmo prédio que abrigou a primeira fábrica da empresa, em São José dos Pinhais, o Grupo Boticário inaugurou em 2016 um espaço para contar a sua história. Esse museu da era moderna exibe vídeos e experiências sensoriais que descrevem a trajetória de sucesso da empresa;
  • A fábrica instalada em Camaçari (BA) é a maior do grupo. Ela foi inaugurada em setembro de 2014 e tem capacidade para fabricar até 150 milhões de produtos por ano;
  • A colônia Acqua Fresca é até hoje um dos maiores sucessos da marca. Esse produto foi criado por uma amiga perfumista de Miguel logo no início da empresa;
  • O Boticário também é patrocinador de várias causas relacionadas à biodiversidade e às medidas de proteção ambiental.

E você, já conhecia a história dessa gigante da perfumaria? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: