Curiosidades

7 pontes extremamente antigas que ainda estão em ótimo estado de conservação

7 pontes extremamente antigas que ainda estão em ótimo estado de conservação

Muitas coisas remanescentes do passado podem ser encontradas em certas paisagens específicas, de modo que muitas dessas construções antigas são capazes de fornecer uma visão fantástica sobre a maneira como as pessoas viviam há séculos ou até mesmo há milênios. As pontes são um exemplo perfeito disso. Usadas para ligar comunidades, atravessar obstáculos ou simplesmente para facilitar as viagens, elas podem nos dizer muito sobre as origens de várias civilizações antigas.

Canecas para Presente

Embora muitas pontes construídas há séculos atrás já tenham desmoronado por vários motivos e causas diferentes, há várias outras que ainda estão em ótimo estado para dar as boas-vindas aos viajantes de plantão. Pensando nisso, listamos aqui 7 pontes extremamente antigas que ainda estão em ótimas condições de uso. Confira!

7. Ponte Kapellbrücke, Suíça (1333 d.C.)

Também conhecida como Ponte da Capela, a Ponte Kapellbrücke é uma estrutura destinada exclusivamente para o uso de pedestres que foi construída a partir de placas de madeira. Ela fica localizda acima do Rio Reuss, em Lucerna, Suíça. Um destino turístico muito popular, graças ao seu design simples e elegante, ela foi totalmente edificada em 1333, sobrevivendo à ação do tempo durante todo esse período.

Anexada à ponte existe uma bela torre de água que, infelizmente, pegou fogo em 1993 e teve que ser meticulosamente restaurada. Painéis retratando momentos decisivos na história do país também podem ser encontrados ao longo da sua estrutura, geralmente sendo os detalhes favoritos de quem a visita.

6. Ponte Anji, China (605 d.C.)

Apesar de ter sido construída por volta de 605 d.C., a Ponte Anji, na China, parece ter surgido ontem, já que por ter sido muito bem preservada ao longo dos séculos, ela está praticamente tão inteira nos dias de hoje como quando foi criada pela dinastia Sui.

A palavra Anji significa “cruzamento seguro” e o nome não poderia ser mais apropriado. Ainda em uso nos dias atuais, os visitantes podem percorrer todo o seu comprimento de 51 metros e atravessar o rio Jiaohe sem qualquer tipo de preocupação. Esta ponte maravilhosa tem recebido viajantes por séculos e o seu ótimo estado de conservação indica que isso deverá continuar nos próximos séculos.

5. Ponte Velha de Dezful, Irã (260 d.C.)

Construída por volta de 260 d.C. e ainda em uso nos dias atuais, a Ponte Velha de Dezful resistiu ao desgaste natural do tempo com muita estabilidade e dignidade. Ela foi minunciosamente projetada para apresentar 14 arcos com desenhos originais, abrangendo um comprimento total de 410 metros.

Diz a lenda que a ponte foi construída por prisioneiros de guerra após a queda do Império Romano como uma forma de aproveitar as suas famosas habilidades de engenharia e construção. Feita de tijolos em vez de pedras, essa ponte já sofreu problemas com inundações no passado e agora é uma ponte destinada apenas para o uso de pedestres.

4. Ponte de Alcântara, Espanha (106 d.C.)

Não existem muitas pontes que contenham previsões certeiras gravadas em suas estruturas, mas essa ponte incrível que cruza o rio Tejo acertou o seu prognóstico em cheio. Uma placa de mármore no seu centro diz: “Eu construí uma ponte que durará para sempre”, o que até agora provou-se ser uma frase completamente correta.

Canecas para Presente

Concluída em 106 d.C. e com uma altura total de 71 metros, a Ponte de Alcântara desempenhou seu importante papel na história de uma forma admirável e ainda permanece inabalável como uma prova do seu passado. Através dos séculos, guerras e conflitos danificaram ou tiraram alguns pedaços da ponte, mas ela ainda permanece em um estado de conservação bom o suficiente para fazer valer aquelas palavras gravadas em suas próprias fundações.

3. Pont du Gard, França (50 a.C.)

Não é difícil saber o porquê da Pont du Gard ser uma das pontes mais visitadas do mundo. Construída há mais 2000 anos para cobrir o rio Gardon, ela é um espetáculo verdadeiramente único de se ver.

Edificada com pedras que podem chegar a pesar até seis toneladas e montada em uma forma de três camadas que conta com uma precisão de tirar o fôlego, essa ponte é uma notável maravilha arquitetônica de 49 m de altura e 275 m de comprimento. Quem já teve a oportunidade de visitá-la costuma dizer que é impossível passar por ela sem ficar admirado com o seu design ambicioso e incrivelmente duradouro.

2. Ponte Fabrício, Itália (62 a.C.)

Ostentando o título de ponte mais antiga ainda em uso em Roma, a Ponte Fabrício foi construída em 62 a.C. e se estende por pouco mais de 62 metros de comprimento. Os antigos romanos eram bastante engenhosos e altamente prolíficos quando se tratava de construir pontes, de modo que esta notável estrutura é a mais antiga dessa civilização.

Essa ponte é destinada ao uso exclusivo de pedestres e não só conseguiu resistir à ação do tempo, mas também tem acolhido vários grupos de turistas ao longo dos últimos anos. Vários visitantes costumam dizer que é muito gratificante passear por este pedaço da história que não mostra sinais de abandonar a sua tarefa tão cedo.

1. Ponte Caravan, Turquia (850 a.C.)

Citada por muitos historiadores como a mais antiga ponte ainda em funcionamento no mundo, a ponte Caravan atravessa o rio Meles desde 850 a.C. Com uma estrutura feita totalmente a partir de pedras, ela é tão resistente que os carros são capazes de atravessá-la até hoje.

Embora possa não ser o projeto mais impressionante que já tenha surgido na história da humanidade, o fato de ter tantos milhares de anos não pode ser esquecido. Talvez seja exatamente por isso que mutos turistas frequentemente visitam este incrível exemplo da engenharia utilizada nos tempos antigos.

Essas pontes realmente conseguiram resistir à ação do tempo de uma forma surpreendente, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: