Curiosidades

6 curiosidades incríveis sobre a franquia Austin Powers

6 curiosidades incríveis sobre a franquia Austin Powers

Desde meados dos anos 70, quando começou a sua carreira nos cinemas, o ator e diretor canadense Mike Myers tem participado de várias produções icônicas. No entanto, o seu papel de maior sucesso certamente foi o do agente Austin Powers.

Até hoje, foram lançados três filmes dessa franquia, todos eles dirigidos por Jay Roach e estrelados por Mike Myers, que faz o papel tanto de Austin Powers como do seu arqui-inimigo, Dr. Evil. Durante anos, surgiram rumores sobre a possível produção de um quarto filme da franquia, mas nada veio a acontecer de fato.

Como o último filme foi lançado há mais de 15 anos, existem muitos detalhes interessantes sobre os três filmes de Austin Powers dos quais até mesmo os fãs mais assíduos ainda podem desconhecer. Pensando nisso, listamos aqui algumas curiosidades muito interessantes que você provavelmente não sabia sobre os filmes dessa franquia. Confira!

6. Austin Powers foi baseado em várias pessoas diferentes

O personagem Austin Powers foi criado pelo próprio Mike Myers quando ele estava brincando e flertando com a sua esposa. Na ocasião, sua esposa disse que seria melhor se ele escrevesse as suas piadas para criar um personagem em vez de ficar brincando com ela e, basicamente, foi assim que Austin Powers nasceu.

Myers escreveu o primeiro roteiro em poucas semanas e aparentemente baseou seu personagem em várias pessoas diferentes. No entanto, acredita-se que Austin Powers foi amplamente baseado no apresentador de TV Simon Dee. O ator Michael Caine também já disse acreditar que Austin Powers também pode ter sido baseado em seu personagem Harry Palmer, do filme “The Ipcress File”.

5. Um especial foi exibido na MTV antes do primeiro filme ser lançado

Antes do primeiro filme da franquia, “Austin Powers: Um Agente Nada Discreto”, estrear nos cinemas, o personagem chegou a ser apresentado para o público através de um especial exibido na MTV americana. Esse especial, intitulado “Electric Pussycat Swingers Club”, tinha menos de uma hora e foi ao ar na MTV com o objetivo de promover o primeiro filme da franquia Austin Powers.

Vale destacar que esse especial também mostrava alguns trechos do primeiro filme, além de contar com um trecho em que Austin falava sobre ter ficado congelado por 30 anos. Esse especial produzido para a TV nunca chegou a ser lançado em fita cassete ou DVD, mas alguns trechos podem ser encontrados on-line em sites como o próprio YouTube.

4. A franquia quase deu origem a uma série de animação

Os três filmes de Austin Powers estão entre os melhores filmes da carreira de Mike Myers, mas o que pouca gente sabe é que a franquia quase deu origem a uma série de animação. Enquanto os detalhes sobre o segundo filme da franquia, “O Agente Bond Cama”, ainda estavam em desenvolvimento, foi relatado que a New Line Television também estava desenvolvendo uma série animada de Austin Powers.

Até hoje não se sabe muito sobre o projeto (além do fato de que ele nunca chegou a ser produzido), mas foi bastante especulado na época que a série de animação apresentaria um estilo de comédia que poderia ser comparado ao de “O Rei do Pedaço”.

Embora o desenvolvimento da série animada de Austin Powers tenha sido cancelado, os fãs da franquia esperam até os dias de hoje por um Austin Powers 4. Infelizmente, isso parece muito improvável, pelo menos se tratando do elenco original, já que o ator que interpretava o Mini Me, Verne Troyer, veio a falecer em abril do ano passado.

3. Jim Carrey quase chegou a interpretar o vilão Dr. Evil

A explicação para o fato de que tantas pessoas acham Austin Powers tão engraçado pode ter a ver com a grande versatilidade de Mike Myers na frente das câmeras, já que ele interpreta vários personagens nos filmes da franquia. Além de, obviamente, interpretar Austin Powers, ele também faz o papel de Dr. Evil e Fat Bastard. Mas o que pouca gente sabe é que o primeiro filme poderia ter Jim Carrey no papel de Dr. Evil.

Assim como Myers, Carrey é uma verdadeira lenda da comédia, tendo estrelado filmes como “O Máskara”, “Todo-Poderoso” e “Ace Ventura: Um Detetive Diferente”. Vale destacar que Carrey até chegou a receber um convite de Mike Myers para interpretar o vilão do filme, mas embora ele até tivesse mostrado interesse no papel, Carrey teve que recusá-lo porque já estava participando das gravações de “O Mentiroso” no mesmo período.

2. Nigel Powers poderia ter sido interpretado por Sean Connery, o “primeiro James Bond”

Não é segredo algum o fato de que Austin Powers é, na verdade, uma paródia dos filmes do 007. No entanto, o que poucas pessoas sabem é que o diretor Jay Roach queria que Sean Connery (famoso por interpretar o primeiro James Bond em 1964) interpretasse o pai de Austin, Nigel Powers, em “Austin Powers em o Homem do Membro de Ouro”, terceiro filme da franquia.

Connery supostamente recusou o papel, que posteriormente foi dado a Michael Caine. Como mencionado anteriormente, Caine acreditava que Austin Powers havia sido baseado em seu personagem Harry Palmer, então dar a ele um papel no terceiro filme meio que fez a franquia fechar um círculo completo.

1. O ator que interpretou o capanga Random Task é um vilão da vida real

Caso você não tenha visto o ator Joseph Hyungmin Son atuando por aí, saiba que isso tem a ver com o fato de que ele está cumprindo uma sentença de prisão perpétua na penitenciária estadual do Vale do Salinas, no estado americano da Califórnia. Joseph Son foi o ator que interpretou o capanga Random Task no primeiro filme de Austin Powers. Em 2011, ele foi preso por um crime hediondo que havia cometido ainda em 1990.

A demora nas investigações ocorreu porque a polícia só conseguiu obter uma amostra do seu DNA décadas depois do crime. Como se uma sentença de prisão perpétua não fosse suficiente para Joseph Son, ele também recebeu uma condenação simbólica de 27 anos adicionais no ano de 2017 por ter espancado seu colega de cela até a morte! Que coisa, não?

E você, é fã dos filmes da franquia Austin Powers? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: