Curiosidades

6 brinquedos simples que deixaram os seus criadores milionários

6 brinquedos simples que deixaram os seus criadores milionários

Muita gente acredita que, para ficar rico, é preciso criar algo grandioso e totalmente inovador. Talvez seja exatamente por conta disso que muitas pessoas tentam direcionar as suas carreiras para a elaboração de algumas das mais complexas ideias que se possa imaginar, sempre tendo em mente o objetivo final de criar algo único que agrade os consumidores.

Consequentemente, muitas pessoas podem achar que isso pode ser totalmente aplicado no ramo dos brinquedos, afinal de contas, com algo novo sendo criado diariamente, a inovação se faz necessária para fazer com que o mercado continue a crescer. No entanto, o que pouca gente sabe é que, em muitos casos, as coisas simples são exatamente as mais bem-sucedidas.

Nesta lista, nós selecionamos alguns brinquedos que, embora sejam muito simples, ajudaram a construir a fortuna dos seus criadores e fizeram a alegria de muitas crianças pelo mundo. Você vai perceber que a garotada pode se divertir bastante ao brincar com brinquedos tão simples que não precisam de uma configuração especial e que podem ser levados a qualquer lugar. Confira!

6. Wacky WallWalker

Esta invenção surgiu na China, mas uma vez que caiu nas mãos do japonês Ken Hakuta, o produto chegou a um nível totalmente novo, pois o rapaz comprou os direitos do brinquedo por apenas US $ 100.000 e conseguiu vender mais de 240 milhões de unidades, faturando mais de US $ 80 milhões! Ou seja, Ken Hakuta provou que os US $ 100.000 que havia gasto na compra dos direitos do brinquedo foram uma verdadeira pechincha.

Hakuta conseguiu levar o brinquedo a um nível totalmente novo de popularidade, comercializando-o em vários lugares, o que ajudou o Wacky WallWalker a se tornar uma sensação em quase todo o mundo.

5. Bambolê

Poucos brinquedos conseguem apresentar características tão simples quanto um bambolê. Lançado nos Estados Unidos em 1958 com o nome “hula hoop”, esse brinquedo logo se espalhou para todos os cantos do mundo, ostentando até hoje uma popularidade quase tão grande quanto na época do seu lançamento.

Para se ter uma ideia, foram vendidas mais de 100 milhões de unidades desse brinquedo só nos dois primeiros anos após a sua criação, o que é um número espetacular se levarmos em conta o fato de que ele é basicamente uma barra de plástico moldada em um aro.

Além de ser um verdadeiro sucesso entre as crianças, o bambolê também é usado com frequência nas escolas e também virou um item popular no mundo fitness, já que muitas academias acabaram adotando-o como auxiliador na prática de exercícios físicos.

4. Koosh Ball

O brinquedo Koosh Ball foi inventado na década de 1980 quando Scott Stillinger teve a idéia de fazer uma bola de borracha cheia de fibras coloridas. Surpreendentemente, ele conseguiu tornar isso um incrível sucesso! Para se ter uma ideia, a revista Time Magazine chegou a nomear a Koosh Ball como um dos brinquedos mais populares de todos os tempos.

Devido à sua popularidade, diferentes estilos e designs de Koosh Balls foram rapidamente criados à medida que o brinquedo caía no gosto da garotada, o que para um brinquedo tão simples era algo realmente fantástico.

A fabricante de brinquedos Hasbro comprou os direitos da Koosh Ball da Stillinger em 1997 por incríveis US $ 100 milhões. Depois da aquisição dos direitos do produto, a Hasbro continuou a fazer da Koosh Ball um grande sucesso, principalmente através da fabricação desses brinquedos especialmente personalizados com os personagens da Disney.

3. Mola maluca

Já que estamos falando de brinquedos simples e bem-sucedidos, não poderíamos deixar a mola maluca de fora da lista, afinal de contas, ela é o exemplo perfeito de que algo extremamente básico, mas ao mesmo tempo tão divertido, pode se tornar um grande sucesso e um dos brinquedos mais famosos do mundo. Originalmente lançado com o nome Slinky, a mola maluca é simplesmente uma mola (geralmente colorida) especialmente desenvolvida para saltar o máximo possível.

Na prática, a força aplicada na mola maluca e o angulo na qual ela é acertada são os fatores que determinam o tamanho do seu salto. Curiosamente, esse brinquedo é tão versátil que os degraus de uma escada podem se tornar o local perfeito para que este produto funcione da melhor maneira.

Embora seja estruturalmente simples, a mola maluca foi para o seu inventor, Richard James, a maior invenção de todos os tempos, já que ela rendeu a sua família aproximadamente US $ 250 milhões só com as vendas do produto, o que é incrível para algo tão “básico”.

2. Hot Wheels

Os carrinhos Hot Wheels se tornaram um verdadeiro fenômeno entre o público infanto-juvenil, de modo que essas miniaturas se transformaram em uma das franquias de brinquedos mais bem-sucedidas e populares de todos os tempos. Mas o que mais chama a atenção é que esses brinquedos são muito simples em termos técnicos, afinal de contas, são apenas carros pequenos, cujo maior trabalho que a fabricante precisa tratar é o licenciamento dos modelos.

Só que, mesmo sendo brinquedos simples, o fato é que esses carrinhos conseguiram habitar a imaginação de milhões de crianças pelo mundo e renderam milhões de dólares a Elliot Handler, co-fundador da Mattel e proprietário da marca Hot Wheels.

Outra coisa que merece destaque é o fato de que esta é uma linha de brinquedos que nunca envelhece, já que, com os projetos e idéias malucas que do pessoal da Hot Wheels, o céu é o limite.

1. Pet Rock, a pedra de estimação

Por motivos óbvios, esse “brinquedo” não deveria ter feito nenhum sucesso, mas de alguma forma a Pet Rock se tornou uma coisa incrivelmente popular quando foi lançada em 1975 com a ideia de que seria um “animal de estimação” cuja principal proeza seria não exigir grandes cuidados por parte do seu dono.

Na prática, a Pet Rock era literalmente uma pequena rocha que ainda vinha com um “manual de treinamento”, uma caixa de papelão que era usada para transporte, um pequeno ninho e uma coleira para “amarrar” a pedrs. Embora possa parecer algo totalmente estúpido, o fato é que, por alguma razão, a Pet Rock conquistou uma enorme popularidade, de modo que muitas pessoas chegaram a comprá-la.

No fim das contas, a Pet Rock acabou ajudando Gary Dahl, o homem que pensou nessa “ideia genial”, a ganhar mais de US $ 6 milhões com a venda do produto. Bem, por se tratar de uma pedra, temos que concordar que todo esse dinheiro foi um retorno muito bom, não é mesmo?

E você, já se divertiu com algum dos brinquedos listados? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: