Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

É possível evitar um espirro ao colocar a mão sobre o nariz?

Imagine que você está ao ar livre em uma linda manhã banhada pela luz do sol e com um vento fresco circulando por todos os lados. De repente, seus olhos se fecham involuntariamente, enquanto um foguete de ar sai do seu nariz a incríveis 160 km/h, acompanhados de um estranho berro “Aaaatchiiiiiim!”. Do que eu estou falando? De um espirro, é claro!

Embora essa situação não seja lá muito agradável, podendo até chamar a atenção de todos ao redor, o espirro é algo completamente normal. Todos nós espirramos quando temos partículas alérgenas e irritantes no nariz ou até mesmo quando sofremos de um resfriado/doença. Sendo assim, os espirros geralmente ocorrem em resposta à irritação na cavidade nasal e estima-se que quase 40.000 partículas sejam expelidas em um único espirro. No entanto, na maioria das vezes, isso é muito breve, embora em alguns casos você possa entrar em uma crise que apresenta uma longa sequência de espirros seguidos.

Felizmente, espirrar é realmente algo benéfico para a nossa saúde, pois remove partículas estranhas do corpo. Por isso, tentar parar um espirro pode resultar em uma série de complicações no corpo. O risco de se machucar ao parar um espirro é baixo, mas longe de ser impossível, sendo que em casos de azar, pode ter efeitos brutais. No entanto, é importante saber a diferença entre controlar o desejo de espirrar e realmente parar um espirro. Por isso, hoje nós vamos explorar uma pergunta interessante: afinal, é possível impedir um espirro ao colocar a mão sobre o nariz?

O que pode acontecer se tentarmos parar ou prender um espirro?

Como já foi dito anteriormente, tentar parar um espirro pode resultar em uma série de complicações no corpo, podendo ser divididos em três os desfechos ruins mais prováveis. Primeiramente, uma lesão no diafragma é o mais provável. Segundo, a interrupção de um espirro também pode causar um rompimento dos vasos sanguíneos na parte branca do olho, causando contusões nas áreas ao redor da íris. Por último, o ato de prender um espirro pode até mesmo causar o enfraquecimento dos vasos sanguíneos no cérebro, causando a ruptura devido à elevação da pressão.

Para se ter uma ideia, suprimir um espirro mantendo a boca ou o nariz fechados pode levar a um aumento da pressão de 5 a 24 vezes maior do que o valor encontrado em um espirro normal. A pressão gerada tende a retornar à cabeça, cavidade nasal ou garganta, o que em casos graves também pode romper estruturas delicadas no ouvido interno, causando uma perda auditiva permanente.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Com tudo o que já foi explicado, fica muito claro que prender um espirro definitivamente não é uma boa ideia. No entanto, temos que concordar que quando estamos sentados em uma sala silenciosa, como em uma sala de exames ou em uma reunião, pode parecer um tanto embaraçoso espirrar alto e chamar a atenção de todos. Felizmente, existe um método para controlar espirros em situações inevitáveis e sem danos colaterais: manter os dedos pressionados sobre o nariz para evitar um espirro. Acredite ou não, isso realmente funciona!

Por que pressionar os dedos sobre o nariz pode ser um método eficaz de evitar um espirro?

Para entendermos como esse “truque” funciona, precisamos primeiramente entender um pouco da anatomia do nosso corpo. Pois bem, o nosso corpo conta com um nervo comumente chamado de “nervo trigêmeo” que fica localizado na face e percorre toda a região que inclui testa, nariz, boca e mandíbula. Esse é o nervo responsável pela captação das sensações em seu rosto, sendo que ele também controla as funções motoras, como mastigar, falar e espirrar. Ou seja, ele realmente desempenha várias funções importantes!

Além disso, o nervo trigêmeo é o maior dos nervos cranianos, até porque possui ramificações muito longas. Em termos mais específicos, a parte que se aplica ao seu nariz é chamada “nervo maxilar”, que por sua vez é um dos principais ramos do nervo trigêmeo. Quando o nervo maxilar é desencadeado pela entrada de um agente alérgeno, como poeira, pólen, produtos químicos, ou qualquer outra coisa similar, esse nervo acaba sendo “engatilhado” e envia um sinal ao cérebro que, em última análise, resulta em um espirro.

No entanto, o simples ato de pressionar o espaço entre o lábio superior e a ponta do nariz com os dedos é capaz de interromper o sinal transmitido pelo nervo maxilar ao cérebro através do nervo trigêmeo. Pressionar essa região serve como um sinal quase idêntico ao que desencadeia um espirro, mas envia uma mensagem ligeiramente diferente ao seu cérebro. Assim, estimular o nervo maxilar dessa maneira pode interromper a resposta que desencadeia um espirro, pois isso essencialmente acaba “distraindo” o cérebro.

É importante deixar claro que pressionar um dedo na região entre o lábio superior e a ponta do nariz provavelmente não interromperá todas as respostas instintivas, mas certamente poderá impedir algumas das que são responsáveis em desencadear um espirro. Na prática, isso funciona de forma semelhante a quando você bate o joelho em uma mesa e seu primeiro instinto é esfregá-lo a fim de fazê-lo se sentir melhor. Nesse tipo de situação, você está tentando, ainda que involuntariamente, distrair os nervos do joelho com outro “sinal competitivo”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Uma palavra final

Com tudo que foi explicado, podemos dizer que, quando você sentir vontade de espirrar, é melhor seguir em frente e deixar o seu corpo trabalhar naturalmente, afinal de contas, isso ocorre porque o seu corpo está realmente ajudando você a se livrar de partículas nocivas e indesejadas. Espirrar ajuda a limpar o nariz, portanto, é muito melhor lidar com as respostas instintivas do seu corpo “na boa” do que ir contra ele e prejudicar a si mesmo, a menos que você valorize mais a sua imagem do que a sua saúde.

Por outro lado, caso você esteja em um local silencioso e sinta que vai espirrar muito em breve, tentar pressionar o espaço entre lábio superior e a ponta do nariz com os dedos pode ser uma forma confiável de evitar um espirro. Mas lembre-se que isso só funciona nos estágios iniciais da formação do espirro. Se o espirro já estiver “engatilhado”, é melhor deixá-lo agir naturalmente. O seu corpo agradece!

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Mais

Curiosidades

Os choques elétricos são frequentemente retratados em desenhos e filmes de comédia. O ato é sempre o mesmo: o protagonista se apodera de um...

Curiosidades

Certamente você já deve ter se hospedado em um hotel em algum momento, ou pelo menos já ouviu falar de alguns. Bom, existem diversos...

Curiosidades

É bem provável que você já tenha assistido a vários documentários da vida selvagem. Em sua grande maioria, esses programas trazem uma combinação de...

Curiosidades

Muita gente concorda que os gatos são animais fofos e bastante adoráveis. No entanto, basta uma rápida pesquisa no Google para perceber que os...

Curiosidades

Vivemos em um mundo onde existem mais de 7 bilhões de pessoas, podemos imaginar que cada uma delas possuem características únicas e ainda assim...

Curiosidades

Dos últimos anos para cá os serviços de streaming começaram a se popularizar bastante, afinal a praticidade e facilidade de assistir um filme ou...

Curiosidades

O mar sempre aparentou ser um ambiente hostil para a vida humana. Tragédias como a do Titanic exemplificam muito bem o quão facilmente vidas...

Curiosidades

Você já deve saber que as equipes de Fórmula 1 são orientadas por orçamentos com valores extremamente altos. De certa forma isso não é...