Curiosidades, Entretenimento

14 curiosidades fascinantes sobre Monstros S.A.

14 curiosidades fascinantes sobre Monstros S.A.

Quando se trata de filmes de monstros, a animação Monstros S.A. é o favorito de muita gente. Monstros S.A foi lançado em 2001 e, durante esse período, tornou-se o filme de animação de com a maior bilheteria no mundo, uma conquista que lhe rendeu um grande destaque na mídia.

Com uma história centrada nos melhores amigos Mike Wazowski e Sulley, que ganham a vida gerando a eletricidade de sua cidade através dos gritos das crianças, o enredo consegue ser envolvente e hilário ao mesmo tempo. As mensagens de tolerância entre espécies que são desconhecidas entre si, os momentos musicais mágicos de Mike Wazowski, a atmosfera de Monstruopolis e todo humor espirituoso dos personagens são fatores que se combinaram muito bem.

Como resultado de seu enorme sucesso, a Pixar decidiu lançar uma pré-sequência com o filme “Universidade Monstros”, que chegou às telonas em 2013, mas que infelizmente não recebeu a resposta esperada. No entanto, isso não tira o crédito dos personagens que fizeram do filme original uma experiência inesquecível, que inclusive ainda continua sendo uma das melhores produções que o estúdio já fez.

Pensando nisso, nós do TriCurioso resolvemos listar alguns fatos divertidos sobre esse filme ambientado no mundo dos monstros amigáveis. Confira!

1. A ideia do filme foi mencionada pela primeira vez durante um jantar em 1994, enquanto o primeiro longa-metragem da Pixar, Toy Story, estava sendo produzido. Pete Docter, Andrew Stanton, Joe Ranft e John Lasseter sentaram-se e a conversa a respeito de um novo filme sobre uma variedade de monstros peludos começou a fluir. Não é de surpreender que ideias tão detalhadas saíssem da mente desses talentosos produtores, o que acabou levando o filme a ser um grande sucesso quando foi lançado em 2001.

2. Essa reunião aconteceu em um restaurante chamado Hidden City Cafe, que serviu como o título provisório do filme durante a produção de Monstros S.A.

3. O responsável por sugerir a adoção do nome Monsters Inc. (título original do longa) foi Joe Grant, um desenhista e roteirista muito aclamado por seus trabalhos na Disney, incluindo em filmes como “Branca de Neve e os Sete Anões”, “Dumbo”, “Pinóquio”, “Aladdin” e “O Rei Leão”. Grant faleceu em 2005, a poucos dias de completar 97 anos.

4. Inicialmente, os animadores refletiram bastante sobre a ideia de dar tentáculos a Sulley. Eles decidiram abandonar a ideia simplesmente porque não queriam que o público se concentrasse nas partes onduladas em vez do rosto do personagem, que por sua vez reflete todas as suas emoções.

5. No longo processo de produção, os personagens e a história passaram por muitas mudanças com o objetivo de melhorar o filme. Por exemplo, a pelagem azul e roxa da Sully era originalmente muito mais escura nas versões anteriores dos scripts. Além disso, Sully deveria ser apenas um funcionário comum com pelo marrom, enquanto Mike seria o ajudante de Randall, já que o script apresentava muitos caminhos diferentes antes da decisão final sobre o filme.

6. Durante as filmagens, nem tudo correu como planejado atrás dos microfones, pois os técnicos de sonoplastia tiveram problemas para descobrir como gravar a voz do personagem mais imprevisível do filme: a garotinha Boo. A atriz Mary Gibbs, que até então tinha quatro anos, interpretou Boo e, assim como sua própria personagem, ela não parava de correr pelo estúdio durante a gravação. Como resultado, os produtores decidiram brincar com ela e gravar suas falas ao mesmo tempo.

7. A música que Boo canta enquanto está no banheiro foi completamente inventada. Os cineastas não queriam ter nenhum problema de direitos autorais, por isso disseram a Gibbs para compor uma música qualquer sem nenhum sentido. No fim das contas, foi exatamente isso o que ela o fez.

8. A lista fictícia dos ingredientes que compõem o cereal que Sulley alimenta a Boo contém tentáculos, vagens de açúcar, gelatina, sabor artificial, cor artificial, sal , água do mar, mercúrio natural, bário, ácido sulfúrico, chumbo, bile, sangue, suor, lágrimas, óxido de zinco, vitaminas D e F, anêmona, salmoura de camarão, coral, plâncton, baiacu mortal e urânio empobrecido (para preservar o frescor). Bem, olhando assim, não parece muito apetitoso, não é mesmo?

9. Uma das maiores inovações do filme foi o detalhismo apresentado, especificamente no que diz respeito ao pelo de Sully. Para se ter uma ideia, aproximadamente 2.320.413 mechas de cabelo cobriram o monstro amigável de cor azul, o que certamente arrepiou os pelos dos animadores, que levavam de 11 a 12 horas para animar um único quadro do personagem.

10. Um vazamento de notícia revelou que o teaser de Star Wars: Episódio II seria mostrado nos cinemas antes da exibição de Monstros S.A., fazendo com que centenas de fãs comprassem ingressos para o filme da Pixar apenas para ver o trailer, até porque a divulgação de trailers na Internet não era tão popular como nos dias de hoje. No entanto, muitos acabaram gostando da animação já nos seus minutos iniciais e decidiram ficar até o final para acompanhar o resto do filme.

11. Uma das pessoas responsáveis pelo nascimento da Pixar foi Steve Jobs, que investiu cinco milhões de dólares na empresa para a produção de “Toy Story”, o primeiro longa-metragem do estúdio.

12. Existem várias alusões ao filme Toy Story em Monstros S.A., como os brinquedos espalhados pelo quarto de Boo e, quando Randall está praticando camuflagem, uma das imagens que lhe são dadas é o papel de parede do quarto de Andy.

13. O diretor de Monstros S.A., Pete Docter, revelou que a ideia original do filme envolvia a história de um homem mais velho que vivia assombrado pelos mesmos monstros que desenhava quando era criança. Cada monstro representaria um medo diferente de que o personagem principal ainda não havia lidado como um adulto. Assim, quando ele passasse a enfrentar esses medos e encontrasse a razão por trás dos monstros, eles desapareceriam. A ideia final de Monstros S.A. claramente se desviou dessa ideia em vários sentidos diferentes.

14. Os créditos finais de Monstros S.A. afirmam que nenhum monstro foi prejudicado na produção do filme, o que é uma paródia ao que costuma ser mostrado no final dos documentários os filmes que apresentam animais.

E você, também é fã de Monstros S.A.? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: