Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Por que as imagens das câmeras de segurança costumam ser ruins?

No moderno e altamente tecnológico século 21, não importa onde você para onde você olhe, você sempre verá uma câmera, seja na parte de trás do smartphone de alguém enquanto tira uma selfie ou em cima de algum ponto alto servindo como uma câmera de segurança que registra todos os acontecimentos abaixo. De fato, estamos na era da informação, mas também na era da observação, com câmeras de segurança e vigilância se tornando uma constante natural e quase despercebida em nossas vidas.

No entanto, apesar de todos os avanços recentes da tecnologia de vídeo, as imagens das câmeras de segurança quase sempre apresentam capturas ruins, desatualizadas, granuladas e monocromáticas. Então, se esse tipo de vigilância por vídeo tem como objetivo principal nos manter seguros e ajudar as autoridades a capturar criminosos perigosos, por que as imagens das câmeras de segurança ainda são tão ruins?

Ao longo deste artigo, nós vamos explorar alguns fatores que ajudam a explicar as causas por trás das imagens ruins características das câmeras de segurança.

As diferenças cruciais entre as câmeras de segurança e as câmeras comuns

Quando você assiste a um vídeo no YouTube mostrando um acidente de carro capturado por uma câmera rodoviária ou de uma tentativa de assalto em uma loja de conveniência, é difícil não deixar de perceber a qualidade aparentemente ruim desse tipo de vídeo. Alguns smartphones modernos são criados com câmeras de qualidade extremamente alta, praticamente fornecendo imagens de vídeo em 4K, por isso é um tanto estranho que grandes empresas e entidades governamentais tenham uma tecnologia tão inferior à que circula em centenas de milhões de celulares comuns.

No entanto, é importante lembrar que esses dois tipos de câmera são usados ​​para coisas muito diferentes. As câmeras dos smartphones têm certas vantagens, como cores vivas e um tamanho mínimo, mas as câmeras de segurança não precisam necessariamente ser pequenas ou capazes de gravar em uma grande variedade de cores. Em vez disso, eles são mais hábeis em fotografar com pouca luz ou em situações de alto contraste, como uma pessoa vestindo roupas escuras à noite.

Propaganda. Role para continuar lendo.

De fato, uma câmera normal teria dificuldade em obter algo próximo a uma boa imagem nessas condições, mas muitas câmeras de segurança possuem a tecnologia IR (infravermelho) que pode “iluminar” uma área escura e ainda gerar uma imagem relativamente boa.

Quando você usa o smartphone para tirar uma foto e depois arrasta dois dedos em direções opostas para “dar um zoom”, ocorre um exemplo de zoom digital, que nesse caso serve muito bem ao seu propósito. No entanto, um recurso do zoom óptico (comum nas câmeras de segurança) é uma ferramenta muito mais poderosa, pois ela pode aumentar o zoom fisicamente e sem a perda de resolução e granulação resultante de um zoom puramente digital.

Ou seja, no fim das contas, a questão não é apenas que as câmeras modernas apresentam uma tecnologia de imagem mais avançada que os sistemas de segurança em larga escala. Na verdade, os requisitos, expectativas e limitações de cada tipo de câmera são absolutamente diferentes.

Limitações de custo e resolução

Além de tudo o que foi citado anteriormente, existem também outros fatores que podem reduzir a qualidade das imagens, incluindo o custo do sistema de segurança, a qualidade das lentes, a frequência da manutenção, o nível de compressão do vídeo, entre outros. De fato, existem centenas de configurações de câmera diferentes no mercado e, como em qualquer setor, você obtém uma qualidade de acordo com o quanto você paga.

Um sistema básico de câmera de vigilância para uma casa comum pode ser relativamente barato, mas o valor total pode facilmente chegar a milhares de reais se você deseja implementar uma proteção de ponta em um estabelecimento comercial. De fato, em uma empresa maior, pode haver a necessidade da instalação de dezenas ou até mesmo centenas de câmeras e equipamentos associados. Nesse caso, o custo para obter equipamentos de primeira linha pode se tornar algo impraticável.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Por isso, uma opção mais barata pode ser suficiente para as necessidades, embora as suas “especificações” podem sofrer em termos de qualidade dos sensores, compressão, estabilidade estrutural, etc. Outro ponto é que muitas das imagens de câmeras de segurança também devem ser transferidas, gravadas e armazenadas por pelo menos 24 horas e, em muitos casos, por semanas ou meses antes de serem excluídas ou arquivadas. Por conta disso, o vídeo costuma ser compactado internamente para ocupar menos espaço, mas isso é feito às custas da qualidade e resolução.

Para se ter uma ideia, até mesmo um vídeo básico da gravação de um dia inteiro pode consumir aproximadamente 1 TB de dados! Consequentemente, isso requer muita capacidade de armazenamento, o que nem sempre é fácil de obter. Por isso, as câmeras de segurança são programadas para compactar massivamente as gravações e reduzir o seu tamanho.

A influência da manutenção da câmera e do formato de gravação utilizado

Também é importante mencionar que as câmeras de segurança são geralmente instaladas em ambientes abertos para sobreviver a uma variedade de condições climáticas adversas, o que faz com que essas peças de tecnologia sejam suscetíveis a danos e desgaste.

Algumas câmeras mais baratas não são tão eficazes em más condições climáticas e, portanto, requerem limpeza e manutenção regulares. Teias de aranha e lentes sujas podem parecer problemas simples para uma rede de vigilância de alta tecnologia, mas ainda são causas potenciais de imagens de baixa qualidade em câmeras mais baratas.

Além disso, essas câmeras costumam ser configuradas para filmar um ambiente em particular. Por isso, caso você queira focar em um determinado objeto, você notará uma ligeira queda na resolução, até porque, na prática, você estará expandindo um número menor de pixels para preencher o mesmo espaço de tamanho, resultando em uma maior granulação e manchas borradas.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Por isso, embora as imagens desses dispositivos possam fazer parecer que você está recuando algumas décadas em termos de qualidade técnica, há uma série de fatores que resultam nos vídeos granulados e de baixa qualidade que você vê nas filmagens de câmeras de segurança. Considerações orçamentárias são a causa mais comum dos vídeos de baixa qualidade, mas fatores como limitações de armazenamento, perda de resolução, falta de manutenção da câmera, alta compactação e o posicionamento discreto do dispositivo também são grandes culpados.

E você, já tinha notado esse aspecto das câmeras de vigilância? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Mais

Curiosidades

Os choques elétricos são frequentemente retratados em desenhos e filmes de comédia. O ato é sempre o mesmo: o protagonista se apodera de um...

Curiosidades

Certamente você já deve ter se hospedado em um hotel em algum momento, ou pelo menos já ouviu falar de alguns. Bom, existem diversos...

Curiosidades

Muita gente concorda que os gatos são animais fofos e bastante adoráveis. No entanto, basta uma rápida pesquisa no Google para perceber que os...

Curiosidades

Vivemos em um mundo onde existem mais de 7 bilhões de pessoas, podemos imaginar que cada uma delas possuem características únicas e ainda assim...

Curiosidades

Dos últimos anos para cá os serviços de streaming começaram a se popularizar bastante, afinal a praticidade e facilidade de assistir um filme ou...

Curiosidades

Você já deve saber que as equipes de Fórmula 1 são orientadas por orçamentos com valores extremamente altos. De certa forma isso não é...

Curiosidades

É bem provável que você já tenha assistido a vários documentários da vida selvagem. Em sua grande maioria, esses programas trazem uma combinação de...

Bizarro

Ao longo da história diversos casos bizarros aconteceram ao redor do mundo, alguns chamaram mais atenção que outros. Isso acontece devido ao grau de...