Curiosidades

O que são os pilares de luz?

O que são os pilares de luz?

Quando a noite fica assustadoramente escura e a temperatura fica bem mais baixa que o normal, você provavelmente nem consegue se imaginar saindo de sua casa. No entanto, se você estiver em determinadas partes do mundo e resolver olhar para fora, poderá ver feixes misteriosos de luz se estendendo pelo céu. Essas exibições de luz incrivelmente coloridas até podem parecer coisas sobrenaturais, mas nada mais são do que simples fenômenos ópticos atmosféricos chamados “pilares de luz”.

Caneca para Presente

Os pilares de luz podem ser vistos em muitas partes diferentes do mundo e em cores variadas, a depender do espectro visual da fonte de luz que eles refletem. A natureza e suas misteriosas fontes de beleza nunca deixam de nos surpreender, sendo que esses pilares de luz não são exceção, mas ainda há mais a aprender sobre esses estranhos fenômenos visuais.

Ao longo deste artigo, nós vamos explorar como os pilares de luz são formados e quais são os lugares mais propícios para a sua visualização.

Como são formados os pilares da luz?

Esse fenômeno óptico bastante surpreendente é visível apenas em temperaturas extremamente baixas quando cristais de gelo se formam na atmosfera. Essas placas de cristais de gelo se orientam hexagonalmente enquanto flutuam pela atmosfera, de modo que as suas superfícies coletivas agem como um espelho gigante que reflete a luz que as atinge. Com isso, a luz refletida promove todo o espetáculo, sendo que quanto mais densos e grandes forem os cristais de gelo, mais interessante será esse efeito.

As fontes de luz envolvidas no fenômeno podem ser as luzes das ruas e outras fontes de luz no solo, ou até mesmo o sol ou a luz da lua. No entanto, a questão é que, independente da fonte, o ângulo das superfícies dos cristais de gelo sempre tende a se desviar alguns graus da orientação horizontal, o que ocasiona a formação de pilares, pois prolonga o reflexo da luz. Assim, esses fenômenos geralmente aparecem como colunas de luzes para os observadores.

Vale destacar que, para que a formação de um pilar perfeito seja concluída, a atmosfera deve estar limpa e fria, com ausência de vento. Esses detalhes são necessários no processo porque, embora o vento não esteja diretamente ligado a esse fenômeno, ele tem a capacidade de interromper o reflexo da luz.

Os pilares de luz são apenas grandes ilusões de ótica?

Um pilar de luz não está localizado fisicamente acima ou abaixo de uma fonte de luz. Além disso, não podemos considerar que esses pilares de luz têm as propriedades de um feixe de luz apenas porque são parecidos. Na prática, um feixe de luz é uma projeção direcional de energia luminosa de uma fonte radiante, como no caso de lâmpadas e tochas, enquanto que os pilares de luz são apenas uma ilusão criada pelos cristais de gelo na atmosfera que refletem a luz.

Na prática, todos os cristais de gelo presentes na atmosfera refletem a luz da fonte, mas apenas os cristais alinhados em um plano vertical são capazes de direcionar a luz para o observador. Além disso, pode-se pensar que estas são as luzes que viajam para o espaço, mas o que acontece na realidade é um tanto contraditório. Na verdade, as luzes que viajam para o espaço a partir das luzes das ruas, do sol ou da lua são refletidas de volta pelos cristais de gelo.

Caneca para Presente

Este efeito é semelhante ao reflexo de uma fonte de luz em um corpo de água. Um pôr-do-sol ou o espetáculo do sol nascente geralmente cria um brilho de luz através dos corpos d’água, como lagos, rios, entre outros. Isso ocorre porque a luz do sol é refletida em vários pontos da superfície da água, de modo que essas reflexões podem se encontrar em um ponto comum (o observador) e aparecer como um raio de luz sobre a superfície da água.

Os pilares de luz são raros?

Os pilares de luz normalmente ocorrem nas regiões do Ártico devido às temperaturas extremamente baixas que são necessárias para a ocorrência desses fenômenos, que por sua vez são mais comuns no inverno e no outono. No entanto, eles também já foram observados no Irã, muito por conta do fato de que os desertos do território iraniano podem ficar extremamente frios à noite. Em raras ocasiões, pequenos pilares de luz podem até ser vistos se estendendo por planetas brilhantes, como no caso de Vênus!

Os pilares de luz também já foram observados em outras regiões do mundo e em cores diferentes, dependendo da fonte de luz. Eles podem apresentar uma cor básica quando refletidos a partir das luzes das ruas, mas também podem ser surpreendentemente vívidos quando refletem cores mais brilhantes. Além disso, eles geralmente parecem mais suaves quando absorvem fontes de luz ambiente. Mas, independente da forma, os pilares da luz são um verdadeiro deleite visual para qualquer observador.

Qual a diferença entre o pilar de luz e o parélio

Pilares de luz e parélios são fenômenos que se enquadram em uma família chamada “halos“. Eles são formados pelos mesmos fatores, como cristais de gelo e luz, mas diferem na maneira como refratam ou refletem a luz. Os parélios são formados pela refração da luz através de cristais de gelo dentro de um halo de 22° e também formam um anel visual ao redor do sol ou da lua devido à curvatura da luz. Por outro lado, os pilares de luz são formados quando a luz é refletida na superfície dos cristais de gelo, em vez da refração.

Curiosamente, algumas pessoas frequentemente confundem esses fenômenos com o avistamento de OVNIs, pois é bastante natural se assustar com um raio de luz imprevisto que parece surgir do nada. Desse modo, não é de admirar que algumas pessoas imaginem que estes fenômenos sejam provenientes das luzes de uma nave alienígena.

Muitos desses falsos avistamentos de OVNIs já foram relatados, especialmente nas proximidades das Cataratas do Niágara. Isso provavelmente está relacionado ao fato de que a névoa ao redor das cataratas geralmente leva à formação de cristais de gelo mais próximos do solo. Assim, esses cristais de gelo refletem as luzes da cidade, criando pilares de luz proeminentes que hipnotizam os observadores por quilômetros ao redor.

E você, já tinha ouvido falar nos pilares de luz? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de