Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Qual a diferença entre astrologia e astronomia?

Por milhões de anos, os humanos olham para o céu tentando adivinhar o significado dos movimentos dos astros e a majestade do cosmos. Durante a maior parte da história da humanidade, nossa espécie não possuía conhecimento superior de nosso universo. Consequentemente, muitas pessoas passaram a acreditar que as estrelas que se deslocavam acima de nossas cabeças tinham algum significado paralelo na Terra. Essa derivação dos supostos significado das estrelas passou a ser conhecida como astrologia.

No entanto, nos últimos séculos, os avanços científicos melhoraram exponencialmente nossa capacidade de entender e estudar o sistema solar. Naturalmente, alguns mistérios do universo passaram a ser mais decifráveis com o auxílio de instrumentos precisos e métodos científicos mais confiáveis. Sendo assim, o estudo aprofundado das funcionalidades do universo pela ciência passou a ser conhecido como astronomia.

Como ambas envolvem questões ligadas ao universo, astrologia e astronomia tornaram-se duas palavras bastante semelhantes e até usadas de forma intercambiável. No entanto, é essencial entender a diferença entre elas, visto que cada uma representa coisas bastante distintas. Ao longo desse artigo, nós vamos explorar essas diferenciações em detalhes.

Uma breve história da astrologia

Apesar do registro formal mais antigo da astrologia remontar a 5.000 anos, não há como negar que as primeiras civilizações já eram afetadas e inspiradas pelos corpos celestes. Antes mesmo de usarem palavras específicas para descrever constelações, galáxias, meteoros, planetas e astrofísica, havia uma forte crença de que aqueles mundos cintilantes distantes tinham algum controle sobre as vidas humanas.

Tanto os antigos chineses e maias até os impérios gregos e árabes, atribuíram um significado especial às estrelas e seu lugar no céu. De fato, a tradição astrológica ocidental remonta a mais de 3.500 anos. Com o tempo, a astrologia se transformou em uma crença muito mais forte, analisando cuidadosamente os movimentos dos corpos celestes e estudando suas posições relativas no céu. Com base nisso, os praticantes de astrologia diziam ser capazes de adivinhar eventos que ocorreriam na Terra.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Consequentemente, a astrologia passou a ser mais intimamente ligada aos horóscopos, com base no signo em que a pessoa nasceu (por exemplo, Câncer, Leão, Virgem etc.). Por milhares de anos, a astrologia foi considerada até um campo científico legítimo. Apesar da falta de evidências, essa poderosa tradição existia em praticamente todo o mundo e era aceita como parte da experiência humana.

No entanto, nos últimos 200 anos, o método científico ganhou força no mundo. Desse modo, o desejo pelas evidências suplantou parcialmente o conforto do místico, fazendo com que a astrologia perdesse seu status de ciência legítima. Embora milhões de pessoas em todo o mundo ainda gostem de ler seus horóscopos todos os dias, e milhares de profissionais de carreira ganhem a vida lendo cartas de tarô, não há base científica para a astrologia.

Uma breve história da astronomia

Semelhante à astrologia, a astronomia tem raízes que datam de milhares de anos, razão pela qual as duas áreas são comumente presumidas como iguais. No entanto, a astronomia é o estudo de objetos e fenômenos celestes através da aplicação da física, química e matemática. Essas disciplinas ajudam a esclarecer as origens desses objetos, sua composição e seu modo de interação.

Em um nível básico, a astronomia é essencial para o estudo de qualquer coisa que esteja fora da atmosfera da Terra. Na prática, isso inclui desde as luas de Júpiter até as galáxias mais distantes, buracos negros invisíveis e a teoria do Big Bang.

A maioria dos estudos modernos de astronomia se enquadra no âmbito da astrofísica, mas nesse campo popular também existem ramos teóricos e observacionais. Vale destacar que essas áreas funcionam em conjunto. Isso ocorre porque a criação de modelos de computador e a análise intensiva de dados são importantes para apoiar observações de galáxias distantes, estrelas e outros fenômenos.

Propaganda. Role para continuar lendo.

No geral, a astronomia é um dos campos científicos mais amplamente respeitados. A astronomia não apenas nos ensina sobre os conteúdos fascinantes do universo, mas também sobre a vida em nosso planeta, bem como sua origem. Ao contrário dos “gurus astrológicos”, os astrônomos confiam no método científico rigoroso e comprovado para desenvolver suas teorias e testar suas previsões. No fim das contas, isso torna a astronomia um campo cientificamente legítimo e inestimável.

A principal diferença entre astrologia e astronomia

Com tudo isso em mente, podemos dizer que a astrologia é uma pseudociência que usa o movimento científico de planetas e estrelas para analisar suas supostas influências na vida das pessoas, enquanto que a astronomia é uma ciência natural que estuda corpos celestes e fenômenos relacionados ao espaço sideral com bases estritamente científicas.

O que complica as coisas para muitas pessoas é que a astrologia se baseia fortemente em um conteúdo semelhante ao da astronomia. Um astrólogo precisa entender o movimento de objetos celestes e alguns dos princípios básicos da astronomia para “ler” as estrelas e fazer “previsões”. Na prática, isso leva muita gente a supor que a astrologia é real e se baseia em provas.

No fim das contas, o fato é que há beleza mais do que suficiente no céu noturno para todos, sejam astrônomos ou astrólogos. No entanto, antes de procurar um significado profundo e personalizado no movimento das estrelas, lembre-se de analisar primeiramente as coisas que há dentro de si mesmo!

Leia também: Por que o espaço é escuro?
Leia também: Por que os cometas têm cauda?

Propaganda. Role para continuar lendo.

Muito interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Mais

Curiosidades

Chaves é sem dúvidas alguma um dos melhores seriados já exibidos na televisão. Criada por Roberto Bolãnos, a turma do Chaves foi exibida aqui...

Especial

Uma das grandes discussões presentes hoje no Brasil inclui a legalização de produtos CBD com fins medicinais. Felizmente, para quem aguardava ansiosamente, hoje temos...

Curiosidades

Você com certeza já deve ter assistido à algum jogo de futebol na vida, certo? Ok, então acho que você também reparou que quando...