Bizarro, Mistérios, Notícias

Vítima da Besta 666: Mistério de Lily E. Gray DESVENDADO!

Vítima da Besta 666: Mistério de Lily E. Gray DESVENDADO!

O que você pensaria ao passar próximo a uma lápide que diz Vítima da Besta 666? Eu com certeza teria calafrios e sairia correndo. Pois é com isto que os cidadãos de Salt Lake City, em Utah, Estados Unidos, tem de viver todas as vezes que vão até o cemitério local visitar algum ente querido. O túmulo também tem reunido ao longo dos anos adoradores do diabo, que vão até lá fazer seus rituais satânicos. Jovens amantes do proibido também passam suas noites ao lado da lápide, bebendo e fazendo festa. Porém, qual será a história real da mulher enterrada lá? Caso não queria ler a todo este texto, há um vídeo no final que explica tudo… 😉

lily-gray-vitima-da-besta-666-tricurioso-1

Esta pergunta tem movimentado inúmeras respostas, pesquisadores autônomos do mundo inteiro dedicam esforços para descobrir o porquê deste bizarro epitáfio. Vamos aos fatos: Sabe-se que a frase “Victim of beast 666” tem sua origem na bíblia, Livro do Apocalipse. Também sabe-se que o nome de Lilly foi escrito de maneira errada, em seus registros ele está escrito com I e E ao invés de Y. Sua data de nascimento também está errada, a real seria 04 de julho de 1880 e não 6 de julho de 1881. Agora, estes erros foram por acaso ou intencionais?

lily-gray-vitima-da-besta-666-tricurioso-2

Em seu obituário tem registrado que Lily faleceu com 77 ou 78 anos por causas naturais, então por que diabos ela seria vítima da besta 666? Vamos investigar seu marido, Elmer Lewis Gray, responsável pelo epitáfio: Ele casou-se com Lily quando ela tinha 72 anos, supostamente ele havia sido preso poucos anos antes de casar-se por ter roubado um guarda-chuva.

lily-gray-vitima-da-besta-666-tricurioso-3

Isto baseado em um recorde de jornal onde um homem chamado Elmer Gray havia feito isso e sido condenado a passar cinco dias embaixo de uma pilha de pedras. Porém, este era um nome bastante comum na época, por isso há dúvidas quanto a este fato. Sabe-se também que Elmer está enterrado no mesmo cemitério, porém muito distante de sua esposa.

Outro fato interessante é que na lápide de Lily há gravadas prímulas, que são flores que simbolizam juventude, esperança e amor eterno, porém nos primórdios esta flor era conhecida por ser a “Lanterna do Diabo”. Já na lápide de Elmer encontra-se gravadas narcisos, flores que fazem referência a conotações negativas como narcisismo, amor-próprio e vaidade.

Agora, vamos a algumas teorias: Alguns pesquisadores propõem que Lily se acidentou de carro na Rodovia 666, que se estendia por parte de Utah, esta era conhecida por ser muito perigosa e ter uma grande taxa de acidentes fatais. Durante o período que Lily vivem na cidade, ela poderia sim ter viajado por esta estrada, o que torna esta teoria plausível. Outros sugerem que ela estivesse envolvida com Aleister Crowler, um ocultista da primeira parte do século XX que se referia a si mesmo como Besta 666. Assim, o marido de Lily poderia ter considerado que ela tenha sido vítima deste homem e registrado isso em sua lápide. Porém, até 1950 Lily jamais saiu de Salt Lake City e Crowley faleceu em 1947, descartando esta teoria.

lily-gray-vitima-da-besta-666-tricurioso-4

Talvez a teoria mais aceita seja a que mais envolva Elmer, seu marido. Ele era altamente envolvido com política e pode ter tido problemas mentais. Elmer era completamente anti-governo, talvez tendo culpado os políticos pela morte de sua mulher e os chamando assim de Besta 666. Existe a história de que o homem teve uma primeira esposa, esta foi sequestrada e morta pelos criminosos, assim originando a fúria dele contra o governo ineficiente que nada fez para ajudá-lo. Prova disto é este documento que, na lacuna para responder sobre seus pais, ele escreve: Ambos mortos, morreram de tristeza quando sequestradores assassinaram minha esposa.

12

Porém, não há informações suficientes para se ter certeza sobre esta história. Em 2003 um veículo de comunicação entrevistou um famoso pesquisador do Utah Historical Society, ele explicou que o instituto não tem sido capaz de descobrir o motivo da inscrição na lápide de Lily.

A investigação não está fechada, talvez no futuro tenhamos a certeza de quem foi Lily e quem foi a Besta 666 que a matou.

História extremamente bizarra, não acha? Comente! 😉

Leia Também: