Mistérios

Cinco incríveis casos de interação extraterrestre no Brasil

Cinco incríveis casos de interação extraterrestre no Brasil

Todos conhecemos o famoso caso do ET de Varginha, porém você sabia que existem vários casos de interação extraterrestre que ocorreram em nosso país? Surpreenda-se com cinco destes, tenho certeza que depois disso com certeza você se convencerá de que sim, não estamos sozinhos no universo. Caso não queira ler todo o artigo ou queira ver mais imagens, há um vídeo no final do texto que explica tudo… 🙂

operacao-prato-tricurioso-euteconto

O primeiro caso ocorreu em 1977 na região de Colares, cidade localizada no litoral do Pará. Lá diversas aparições de óvnis ocorreram invadindo o céu da região, os objetos sobrevoaram embarcações, fizeram mergulhos nos rios, se esconderam na mata e lançaram diversos focos de luz em todas as pessoas que estivessem pelo caminho. Estas luzes mantinham as pessoas paralisadas, causava dor de cabeça, fraqueza, tontura, náuseas, queimaduras e tremores. Estas luzes também tinham o poder de causar pequenos orifícios por onde sangue era extraído. Para se proteger destas aparições, os moradores mantinham-se acordados durante a noite e também acendiam fogueiras na tentativa de afastar estas luzes, porém tudo foi em vão.

Neste momento, o prefeito da cidade decidiu solicitar ajuda da Aeronáutica, que imediatamente começou uma investigação a qual batizaram de Operação Prato. Ela foi conduzida pela 2º Seção de Operadores de Inteligência da Aeronáutica e envolveu dezenas de militares. Estes registraram diversos relatos, fotografias e também testemunharam as aparições dos óvnis. A Operação Prato teve a duração de quatro meses quando foi subitamente encerrada, o relatório da dita operação teve mais de 200 páginas. Então, em 1997, a Revista UFO, autoridade no assunto, entrevistou o Coronel Uryangê Hollanda, ele foi o responsável por toda a Operação Prato. Nesta entrevista o militar confirmou que o fenômeno realmente aconteceu, um fato inédito para a ufologia brasileira. Ainda segundo ele, na Amazônia ele pode visualizar uma espaçonave gigante, seu tamanho era semelhante ao de um prédio com 30 andares! No final daquele ano Hollanda, que já sofria de depressão, cometeu suicídio.

noite-oficial-dos-ufos-no-brasil-tricurioso-euteconto

Já o segundo caso ocorreu na noite de 19 de maio de 1986, radares do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta) localizaram 21 óvnis percorrendo os céus de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Paraná. Esta noite foi chamada pelos ufólogos de Noite Oficial dos Ufos no Brasil e teve inclusive o depoimento do militar e ministro da Aeronáutica Octávio Moreira Lima. O caso tomou uma enorme repercussão na mídia, o ministro até mesmo prometeu que realizaria um relatório dentro de um mês para expor todos os acontecimentos daquela memorável noite, porém esta promessa nunca foi realizada.

Segundo registros, o primeiro óvni foi localizado pela torre de controle de São José dos Campos, depois radares de Brasília e São Paulo confirmaram a presença dos sinais. Sentindo-se ameaçados, um caça F-5 do Rio de Janeiro recebeu a ordem de seguir e interceptar os objetos não identificados, outro caça que decolou de Goiás também foi incumbido da mesma missão. Porém, além de perseguirem as espaçonaves, os caças também foram perseguidos. Após 3 horas sobrevoando aquela região, os óvnis desapareceram em direção ao Oceano Atlântico.

caso-villas-boas-tricurioso-euteconto

Já o terceiro caso narra o primeiro registro brasileiro de sequestro de ser humano. Em uma madrugada de 1957 um lavrador chamado Antonio Villas Bôas, de 23 anos, dirigia o trator da família nas terras de sua fazenda em São Francisco de Salles, Minas Gerais quando, de repente, foi surpreendido. Antonio foi levado para dentro do que parecia um ovo sustentado por três hastes que emitia luz vermelha fosforescente. Já dentro deste objeto não identificado, segundo relato, ele foi cercado por seres de um metro e meio que usavam capacete e macacão acinzentado. Imediatamente, eles o despiram e passaram em seu corpo um líquido oleoso com um tipo de esponja.

Depois disso, lhe tiraram uma amostra de sangue pelo seu queixo e o forçaram a inalar uma fumaça com cheiro bastante desagradável. Depois disso, uma jovem e bonita mulher de cabelos loiros e olhos azuis se aproximou de Vilas Bôas e o levou para uma sala reservada. Lá, ela se despiu e o abraçou. Neste momento, os dois mantiveram relações sexuais sobre o sofá e quando tudo terminou, a mulher tocou sua barriga e apontou para cima, indicando que o sexo tinha fins de reprodução. Depois disso, o lavrador foi deixado exatamente onde estava antes da abdução. Antonio foi examinado pelo médico Olavo Fontes que se interessava muito por ufologia, ele identificou uma mancha no queixo do homem e fez uma série de exames que mostraram um moderado nível de radiação em seu organismo. Este caso foi estudado por diversos ufólogos pelo mundo e ganhou notoriedade fora do Brasil. Antonio Villas Bôas morreu em 1991 aos 56 anos, vítima de um aneurisma cerebral.

Caso-vasp-voo-169-tricurioso-euteconto

O penúltimo caso aconteceu em uma madrugada de fevereiro de 1982. Durante um voo realizado pela extinta Vasp, Viação Aérea de São Paulo, foi possível avistar um grande e brilhoso óvni. O voo partiu de Fortaleza em direção a São Paulo quando, de repente, começou a ser perseguido por uma nave espacial não identificada. Seu brilho intenso surgiu à esquerda do avião quando o mesmo sobrevoava Petrolina e fez diversas manobras que chamaram a atenção do comandante Gerson Maciel de Britto, piloto experiente que, na época, já acumulava 25 mil horas de voo. Assim que identificou o que poderia ser, Britto acordou todos os passageiros e os convidou a observar o belíssimo fenômeno, todos concordaram exceto um cardeal católico que não quis se comprometer. Segundo testemunhas, o UFO seguiu o Boeig até Belo Horizonte onde ocorreu a primeira escala e, depois, continuou o acompanhando até a segunda escala no Rio de Janeiro. Segundo a revista UFO, o óvni chegou a ser identificado pelos radares da Cindacta.

caso-jardim-da-alvorada-tricurioso-euteconto

E para encerrar, um caso de abdução de irmãos, este ocorreu em Maringá no bairro Jardim da Alvorada em abril 1979. Dois irmãos chamados Jocelino e Roberto Carlos de Mattos estavam voltando para casa quando, de repente, avistaram uma estrela brilhante que vinha rapidamente na direção deles. Os dois desmaiaram perto de uma área de cultivo onde ficaram protegidos por uma grande árvore. Ao retomarem a consciência, nenhum dois dois sabia exatamente o que havia acontecido, então Jocelino decidiu se submeter a sessões de hipnóse e, assim, recordou que foi levado flutuando junto com seu irmão para o interior de uma nave onde seres semelhantes a nós mostraram a eles todo o interior do explicado seu funcionamento.

Depois disso, os ets retiraram amostras de sangue, pele, líquido seminal e cabelo de Jocelino, então algo semelhante a uma mulher entrou na sala e tocou o homem que imediatamente entrou em um estado incontrolável de excitação. Então, a et manteve relações sexuais com ele mesmo que esta não fosse sua vontade, depois disso ela lhe enviou uma mensagem telepática dizendo que o ato teria fim reprodutivo. Após o acontecido, foram devolvidos à área onde desmaiaram, acordaram em desespero e voltaram correndo para casa onde Jocelino contou as poucas coisas que lembrava para sua mãe, já seu irmão jamais lembrou de nada do que aconteceu naquela noite.

Desejo a você bons pesadelos…

Leia Também: