Entretenimento, Notícias

Mulher-Maravilha 2 seguirá novas diretrizes do Sindicado dos Produtores dos EUA contra assédio sexual

Mulher-Maravilha 2 seguirá novas diretrizes do Sindicado dos Produtores dos EUA contra assédio sexual

Desde outubro de 2017 estamos tendo uma grande leva de denúncia de estupros e assédios sexuais que ocorrem e sempre ocorreram em Hollywood. Finalmente, mulheres e homens estão tendo o espaço para contar suas tristes histórias sobre esta ainda mais triste realidade. Em função destes acontecimentos terem se tornado públicos, o Sindicato dos Produtores dos Estados Unidos criou uma série de medidas e diretrizes específicas não apenas para auxiliar como para proteger atores e atrizes, assim impedindo que essa violência continue ocorrendo.

E é claro que o primeiro filme a seguir estas diretrizes não poderia ser outro senão Mulher-Maravilha 2. Segundo Gary Lucchesi e Lori McCreary, a força-tarefa realizada pelo sindicado levou cerca de 3 meses para produzir estas novas normas que deverão ser seguidas por todos os produtores a partir de agora. Eles também enfatizaram que essas diretrizes não são definitivas, elas irão se moldar através dos eventuais problemas que venha a ocorrer.

HOMEM DE FERRO QUASE LEVOU A MARVEL A FALÊNCIA

Acredito que seja lindo e faça um imenso sentido que a primeira produção a se preocupar com a questão seja Mulher-Maravilha 2 já que a heroína representa muito do que o empoderamento feminino representa. Podemos esperar a maravilhosa Diana Prince em sua aventura solo para seu próximo filme cuja estreia está marcada para 31 de outubro de 2019. Gostou da notícia? Comente!

Leia Também: