Bizarro

A Verdadeira História de Samara Morgan: O Chamado

Não sei vocês, mas este filme me perseguiu em pesadelos por muitos e muitos anos. Até hoje se paro para assisti-lo sozinha, sinto um terrível frio na espinha. Porém, hoje percebi que nunca havia compreendido exatamente o que havia acontecido com a menina Samara, talvez por ser pequena quando vi ou pelo medo horrível que sentia daquele olhar gélido.

Então pesquisando, descobri a verdade e hoje venho contar para você. A história de Samara Morgan é totalmente fictícia e foi revelada aos pontos ao longo dos filmes da franquia O Chamado. Aproveite o terror. Há décadas atrás um feliz casal chamado Richard e Anna Morgan viviam em uma fazenda na Ilha Moesko. Lá, os dois criavam cavalos e viviam uma vida simples e calma. Eles sempre quiseram ter filhos, porém infelizmente após tentar por anos, desistiram. Até que tiveram a oportunidade de adotar uma jovem menina chamada Samara.

Porém, o que eles não sabiam é que a menina possuía dons paranormais que não sabia como controlar. Esses poderes muitas vezes atrapalhavam e feriam outras pessoas, mas mesmo assim Richard e Anna lutaram para cria-la como uma criança normal. Com o tempo, Samara começou a afetar sua mãe, causando nela diversas alucinações e a impedindo de dormir. Por este motivo, seus pais decidiram construir um charmoso quarto no celeiro, assim Samara poderia dormir longe da casa e deixar Anna descansar. Aqui, o problema era que os cavalos não deixavam Samara dormir, então ela os levava até a beira do mar e os afogava durante a noite.

Após este grande problema, o casal decidiu internar Samara para que especialistas tratassem seus problemas mentais. Foi lá que os médicos descobriram que ela possuía a habilidade de modificar imagens com a mente, criando alucinações, modificando fotografias e vídeos. Além disso, ela nunca dormia. Depois de algum tempo Anna e Richard sentiram-se culpados pela internação e retiraram Samara de lá mesmo contra a vontade dos médicos. Infelizmente, a menina continuava causando alucinações em sua mãe até que ela chegou em seu máximo.

Certa noite, Anna prendeu um saco plástico na cabeça de Samara para sufoca-la e a jogou dentro de um poço distante. Então, foi até um penhasco próximo e cometeu suicídio se jogando nas águas do mar. Porém, o que ninguém sabia é que Samara não morreu com o sufocamento, na verdade a menina passou 7 dias agonizando dentro do poço cercada por água fria e escuridão. Como esta era sua maior fobia, Samara ficou desesperada e tentou sair de lá de todas as formas possíveis.

Infelizmente, ela não conseguiu e padeceu no poço até a morte. Anos depois, um hotel foi construído naquela área e um grupo de adolescentes alugou o chalé que ficava em cima do poço. Quando colocaram um jogo de futebol para ser gravado em VHS, o espírito de Samara que vivia ali até hoje utilizou suas habilidades para manipular a fita e lançar sua maldição. Assim, toda e qualquer pessoa que assistia a fita tinha 7 dias para fazer uma cópia e passar a diante, do contrário ao chegar no 7º dia Samara viria busca-lo. Assustador.

 

Leia Também: