Curiosidades

Será que os peixes são eletrocutados quando o mar é atingido por raios?

Constantemente conhecemos histórias de pessoas que são eletrocutadas por raios, muitas delas acabam falecendo enquanto outras sobrevivem para contar a história. Outra coisa que sabemos bem é que devemos sair correndo d’agua quando uma tempestade começa a se formar já que os sais lá presentes são excelentes condutores de eletricidade. Quando falo em tempestades, sempre lembro de minha mãe gritando fora da piscina ‘Sai dai Amanda, não tá vendo a tempestade? Vai tomar um raio!’

E foi esta filosofia de vida pregada por minha mamãe que me fez pensar: Se eu posso ser eletrocutada estando dentro da piscina, será que os peixes são eletrocutados quando o mar é atingido por raios? Então, vamos descobrir!

Acho que antes de mais nada precisamos saber o que ocorre quando os raios atingem a água. Pesquisas indicam que caem muito mais raios da superfície terrestre do que na aquatica. Isso porque a terra absorve muito mais luz solar, assim se aquecendo mais rápido do que a água. Este fato é algo muito atrativo para os raios que preferem estes locais para se descarregar. Segundo uma pesquisa feita pelo Journal of Geophysical atmosfera, raios atingem a terra 10x mais do que a água.

Mas e quando acontece, os peixinhos morrem? Não, eles continuam vivinhos da silva. Isso porque quando a água é atingida por um raio, o efeito ocorre apenas na superfície da mesma. Apesar dos sais serem excelentes condutores, a corrente elétrica acaba se formando apenas sobre a água, sem entrar no oceano. Como os peixes e outros animais marinhos nadam sempre nas profundezas, não são atingidos pela fúria da descarga elétrica.

Gostou desta informação? Já sabia disso? Comente!

Você também pode gostar de