Bizarro, Curiosidades, Noticias

Coca-Cola fabricará bebidas alcoólicas após 131 anos

Coca-Cola sempre foi sinônimo de bebida extremamente popular entre crianças até idosos, mas essa situação está mudando nas terras orientais. No Japão, a Coca-Cola entrará no mercado de chu-hi, uma bebida com gás enlatada.

Os chu-his originais são feitos de água gaseificadas, shochu e aromatizante sintético que variam os gostos, seja de maçã-verde ou pêssego. O teor alcoólico varia entre 3 a 8% , disputando diretamente com a cerveja. Não foi confirmado se será utilizado os chu-his originais, mas já foi dito que terá o shochu, a parte alcoólica dos chu-his.

Segundo o presidente japonês da companhia, não há estimativa de distribuição do produto fora do Japão. Mas quem sabe se a bebida se tornar bem-sucedida, ela não acabe vindo como foi com as outras diversas versões diferentes de Coca-Cola? Veremos, por mais improvável que seja.

A bebida em si é mais fraca que o uísque e vodca, mas é mais forte que o vinho e saquê. O diretor da empresa disse que essa será a única bebida com teor alcoólico na empresa.

A Coca-Cola foi criada nos EUA por um farmacêutico em 1892. A média de vendas nessa época era 9 bebidas diárias. Hoje, quase 2 bilhões de unidades do refrigerante são vendidos diariamente e o portfólio da empresa conta com mais de 3.500 produtos. A sede mundial da empresa se mantém no mesmo local desde sua criação. Somente 2 executivos possuem a receita original ao redor do mundo. Somente há patente da marca, não da receita, logo se descoberto, isso pode gerar diversas cópias idênticas da gigante empresa de refrigerantes.

Há rumores de que em uma das quatro receitas diferentes da Coca-Cola, a fabricada até 1903 tinha uma quantidade significativa de cocaína. Por mais que a empresa negue, há diversas evidência que sugerem que a receita original tinha a droga em sua fórmula. Por mais que isso pareça absurdo hoje, até 1914 a cocaína era legal nos Estados Unidos. Em 1903 começaram os questionamentos sobre o quão saudável era a droga, fazendo o gerente da época, Asa Griggs Candler, removesse quase toda cocaína de seu refrigerante, mas a empresa só se livrou 100% da droga em 1929, quando foi possível extrair a essência de cocaína da folha de coca.

Então caro leitor, você acha que a primeira bebida alcoólica da empresa vai vingar no Japão? Acha que vem para o Ocidente? Deixe sua opinião aqui nos comentários! (E compartilhe com os seus amigos, vai que eles não sabiam?)

Participe! Deixe seu comentário...

Hospedagem de Sites e Blogs

Você também pode gostar de