Curiosidades

Como é feita a margarina?

Como é feita a margarina?

Uma das maiores dúvidas que eu tenho logo que acordo é o que devo passar no pão: Margarina, Manteiga ou Nutella, convenhamos que a última opção é a mais gostosa, mas para um café da manhã não dá, né? Bom, então ficamos entre a manteiga e a margarina e eu não sei porque, mas sempre acabo escolhendo a margarina, ela parece ser mais leve ou algo do tipo (Sim, eu sou idiota mesmo). Recentemente a nossa querida Amanda fez um post falando qual das duas opções é mais saudável, entre manteiga e margarina, caso queira conferir, você vai se surpreender.  Bom, mas o foco de hoje e te explicar como a margarina é feita, espero que gostem!

Tudo começa na escolha de óleos vegetais líquidos e hidrogenados que serão utilizados na produção da margarina. Entre os óleos a serem escolhidos estão o de dendê, soja, semente de algodão, amendoim, milho ou girassol. Após escolher o óleo, a próxima etapa é adicionar água, o leite em pó desnatado, o sal refinado, emulsificante e corante.

Dito todos os componentes precisos para fabricar a margarina, chegou a hora de passar a receita:

1 – Conhecida por ser uma fase um tanto oleosa, é nela que preparamos o óleo escolhido desde o seu estado cru, onde ocorre a neutralização que tem como objetivo separar e retirar os ácidos gordos livres. Porém, mesmo tendo feito isso, é possível que ali permaneça alguns e por isso é feito a filtragem e o branqueamento para que assim tudo aquilo que tenha sobrevivido a neutralização seja retirado.

2 – Na segunda fase da fabricação, os óleos serão submetidos a desodorização, processo onde será retirado qualquer odor e sabor do produto. Nessa fase o óleo também pode passar pela hidrogenação, porém vale lembrar que nem todas as margarinas encontradas no mercado passam por esse processo então é sempre bom ler o rótulo. O fato de nem todas serem hidrogenadas explica a questão de algumas margarinas não possuírem gorduras trans, sendo estas mais saudáveis do que as margarinas hidrogenadas.

3 – Na fase 3, conhecida por ser uma fase aquosa, você adicionará o leite desnatado pasteurizado, o sal e outros componentes solúveis em água que foram citados no inicio do post.

4 – Após ter seguido os passos das fases anteriores é chegada a hora da mistura e por meio do seu batimento e resfriamento acaba se formando uma emulsão cremosa que é embalada e mandada para os mercados.

Você sabia que a margarina passava por todos esse processos antes de ser embalada? Comente logo abaixo, queremos saber… E não se esqueça de compartilhar esse post para os amigos 😀

Leia Também: