Curiosidades

Por que a Lua tem crateras?

A principal razão pela qual a Lua possui tantas crateras está no fato dela ser regularmente atingida por objetos como meteoros e asteroides que vêm do espaço sideral. A Lua não possui atmosfera para frear ou desintegrar os corpos celestes que se dirigem à sua superfície. Assim, esses corpos atingem o solo lunar com força total, de tal maneira que até uma pequena rocha pode criar uma cratera de tamanho considerável.

Normalmente, quando você vê uma cratera resultante de um impacto, seu tamanho é muito maior do que o tamanho da rocha que a criou. A rocha é geralmente entre três a cinco vezes menor, dependendo da quantidade de energia gerada. Observar essas crateras tornou-se muito fácil nos últimos anos. Graças aos avanços tecnológicos, hoje os cientistas conseguem captar imagens maravilhosas em alta resolução do nosso satélite natural.

De fato, uma famosa cratera na Lua é chamada de Tycho. Em uma foto com vista de cima para baixo você pode ver um belo anel circular, a borda da cratera. Dentro desse anel, o chão está ligeiramente espalhado e bem no centro há uma pequena região sombreada chamada de pico central ou pico de impacto.

Cratera Tycho.

Como resultado, essa estrutura no centro de uma cratera é um sinal revelador de como ela foi formada no impacto. Quando uma rocha do espaço atinge a superfície, ela traz consigo tanta energia que na verdade ela liquefaz a superfície e ejeta algum outro material para o espaço. Como a Lua não possui atmosfera, o material simplesmente “voa” e cai a alguma distância da colisão inicial. Parte do material liquefeito em consequência da conversão da energia cinética em calor é espirrado para cima e depois esfria rapidamente. O rastro que ele deixa para trás é o que acaba se tornando o pico central.

Outra razão pela qual a Lua tem crateras é porque no passado ela possuía vulcões, que também acabaram formando alguns desses buracos. Os vulcões entravam em erupção e escombros fluíam do ponto de erupção e caíam a alguma distância. As crateras vulcânicas também são redondas, semelhantes às crateras de impacto. Por isso, nem sempre é fácil distingui-las.

Devido à sua massa menor, a Lua atrai menos pedaços de rochas espaciais do que a Terra, mas ela é impotente em fazer qualquer coisa para impedir que sua superfície seja atingida. A Terra, por outro lado, atrai mais corpos, mas usa a sua atmosfera como “escudo protetor”. Melhor pra gente!

Gostou dessa curiosidade? Comente! 😀

Você também pode gostar de