Curiosidades, História

Como surgiu a palavra ‘baderna’?

Certamente você já ouviu a palavra baderna sendo dita para definir uma gigante bagunça, seja sua professora de escola em um dia agitado ou sua mãe quando você aprontava com seu irmão e/ou amiguinhos. De qualquer forma, sabemos o que ela significa, porém você já pensou em como ela surgiu?

Acredite ou não, a palavra Baderna tinha como objetivo classificar – de uma forma bem pejorativa – os fãs barulhentos que uma conhecida dançarina italiana tinha em seu país, seu nome era Maria Baderna. Sim, eu seu… Eu sei… O termo surgiu no final do século 19 quando uma companhia italiana de dança veio até a capital do Império do Brasil – Rio de Janeiro – como forma de manifestação contra a perseguição política que acontecia, na época a Áustria estava ocupando a Itália e havia uma decisão entre os revolucionários que diziam não ser autorizada qualquer manifestação artística durante a ocupação.

Baderna

Foi assim que Marietta Maria Baderna, filha o médico e músic Antônio Badera, chegou ao Brasil em busca de exílio em 1849. Ela tinha muito talento e não demorou a conquistar muitos fãs e admiradores que a adoravam tanto pela dança quanto pelo espírito de revolta e protesto. Ela inovava muito em seus passos e não demorou para incorporar o lundum, – dança afrobrasileira praticada pelos escravos – sendo muito criticada por isso já que estava em meio a uma sociedade conservadora e escravista.

Quando se apresentou no Rio de Janeiro em 1951, a dançarina provocou um certo ‘frisson’ e causou a atração de muitos ‘badernas’ para assisti-la que faziam muito barulho e gritaria ao final de cada apresentação. Acabou que esses fãs apaixonados foram vistos de forma muito negativa pela sociedade da época que relacionou o sobrenome da dançarina – Baderna – como algo bagunçado, barulhento e nada agradável. Muito legal essa origem, não acha? Comente!

Você já assistiu nosso último vídeo no Canal Experimentando?

Clique aqui para assistir no YouTube

Você também pode gostar de