Curiosidades

Quais são os países que mais produzem café no mundo?

Quais são os países que mais produzem café no mundo?

Estima-se que cerca de 3,5 bilhões de xícaras de café são consumidas no mundo todos os dias. Os climas e as condições de crescimento devem ser perfeitos para cultivar os grãos que produzem uma das mais populares bebidas do mundo, mas você arriscaria um palpite apontando quais são os países campeões na produção de café?

Sites Responsivos e Profissionais

Embora muitos dos principais países produtores sejam bem conhecidos, alguns podem ser uma surpresa para muitas pessoas. Confira quais são as cinco nações que conseguem apresentar os melhores números em suas safras.

5. Etiópia

A relação da Etiópia com o café remonta ao início de sua própria história já que o primeiro café arábica foi encontrado lá por volta do século IX. Segundo a lenda, um pastor de cabras tomou conhecimento da planta quando percebeu o efeito energizante que ela desempenhava em seu rebanho. A planta, desde então, tem desempenhado um papel importante no desenvolvimento da economia etíope. O país é o maior produtor de café da África e tem produzido mais de 390.000 toneladas de café anualmente. Números que colocam a Etiópia na quinta posição do ranking mundial.

4. Indonésia

Embora não seja tão conhecida como as outras nações produtoras de café, a perfeita localização e o clima propício da Indonésia ajudaram o país a se tornar um dos maiores exportadores dos grãos no mundo. O setor cafeeiro indonésio é composto por 1,5 milhão de pequenas propriedades rurais independentes e poucas operações de grande porte, o que é geralmente incomum nos outros países produtores.

3. Colômbia

Caneca para Presente

Claro que a Colômbia não poderia ficar de fora, não é mesmo? O país é reconhecido por seu café de ótima qualidade e produz mais de 700.000 toneladas anualmente. Alguns acreditam que as variações no clima impactaram negativamente as produções colombianas com o aumento da temperatura e precipitações durante os anos de 1980 a 2010. Mas mesmo com todas as adversidades, a Colômbia continua sendo uma das grandes nações cafeeiras.

2. Vietnã

Relativamente novo no comércio internacional de café, o Vietnã rapidamente se tornou um dos maiores produtores mundiais. Na década de 1980, o Partido Comunista apostou o futuro do país no café e a cada ano durante a década de 1990 a produção aumentava entre 20% a 30%, transformando completamente a economia do país. Em 2014, o Vietnã produziu 1,65 milhão de toneladas métricas. O país se colocou em um nicho específico no mercado internacional, concentrando-se principalmente no café robusta, geralmente menos caro.

1. Brasil

Se no futebol o hexa não veio, na produção de café a gente é campeão todo ano! Toda a produção tem desempenhado um papel fundamental no desenvolvimento contínuo do Brasil e continua a ser uma das engrenagens da economia do país. A planta foi trazida pela primeira vez às terras tupiniquins no início do século XVIII. Com o aumento da popularidade da bebida entre os europeus, o Brasil rapidamente se tornou o maior produtor mundial em 1840 e tem mantido o título desde então. Em 2017, as terras brasileiras produziram uma quantidade estonteante de 2,7 milhões de toneladas dos grãos. Esse é o Brasil que a gente quer ver!

Já tomou um cafezinho hoje? Deixe o seu comentário! 😀

Você também pode gostar de