Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Como funcionam as redes Wi-Fi?

Seja em casa, no consultório do dentista ou até mesmo em praça pública, o Wi-Fi (também chamado de rede wireless) tornou-se parte de nossas vidas aceleradas. Graças à ele, não precisamos mais estar conectados à Internet com cabos que antes nos deixavam “presos” à um determinado local. Mas você já parou para pensar como isso realmente funciona?

A conexão Wi-Fi utiliza ondas de rádio para transmitir dados entre um roteador e seu dispositivo por meio de frequências. Duas frequências de ondas de rádio podem ser usadas, dependendo da quantidade de dados enviados: 2,4 gigahertz e 5 gigahertz. Hertz é simplesmente uma unidade de medida usada para descrever frequências, mas para você entender melhor o seu funcionamento vamos usar um exemplo de fácil entendimento.

Por exemplo, digamos que você está sentado na praia ao mesmo tempo em que observa as ondas atingirem a costa. Se você medisse o tempo entre cada quebra de onda, estaria medindo a sua frequência. Um hertz é uma frequência de uma onda por segundo, enquanto que um gigahertz, por outro lado, é um bilhão de ondas por segundo. Ou seja, quanto maior a frequência, maior a quantidade de dados transmitidos por segundo.

As duas frequências Wi-Fi são divididas em vários canais para evitar um tráfego intenso e possíveis interferências. Quando se inicia o compartilhamento de dados nesses canais é quando a magia da computação acontece. O primeiro passo no processo é iniciado por você, o usuário. Quando você acessa a Internet no seu dispositivo, ele converte as informações solicitadas em código binário, a linguagem dos computadores. Tudo o que os computadores fazem é baseado em código binário, uma série de vários números 1 e 0.

Quando você clicou para ler este post, sua solicitação foi traduzida em um grupo de números 1 e 0. Se você estiver usando Wi-Fi, esses algarismos serão convertidos em frequências de onda pelo chip Wi-Fi incorporado em seu dispositivo. As frequências percorrem os canais de rádio mencionados anteriormente e são recebidas pelo roteador Wi-Fi ao qual seu dispositivo está conectado. Em seguida, o roteador converte as frequências de volta em código binário e transfere o código no tráfego da Internet que você solicitou, e é quando o roteador recebe esses dados por meio de um cabo de Internet com fio.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O processo se repete até que você tenha carregado este artigo ou qualquer coisa que exija a Internet. O mais incrível é que toda essa troca de informações acontece a uma taxa absurdamente rápida e graças a essa rapidez e a ausência de fios, você pode desfrutar de todo o conteúdo que a Internet oferece com mais conforto e maior liberdade.

Interessante, não é mesmo? Deixe seu comentário!

Leia Mais

Curiosidades

Chaves é sem dúvidas alguma um dos melhores seriados já exibidos na televisão. Criada por Roberto Bolãnos, a turma do Chaves foi exibida aqui...

Especial

Uma das grandes discussões presentes hoje no Brasil inclui a legalização de produtos CBD com fins medicinais. Felizmente, para quem aguardava ansiosamente, hoje temos...

Curiosidades

Você com certeza já deve ter assistido à algum jogo de futebol na vida, certo? Ok, então acho que você também reparou que quando...