Curiosidades

Conheça a curiosa casa construída para sanguessugas

Conheça a curiosa casa construída para sanguessugas

Nas margens do Rio Bedale Beck, na pequena cidade de Bedale, fica localizada uma das edificações mais incomuns de todo o Reino Unido. Entre o final do século XVIII e o início do século XIX, essa pequena casa feita de tijolos era usada para armazenar sanguessugas que seriam posteriormente usadas por médicos locais para a prática da sangria terapêutica, um procedimento comum na época para o tratamento de uma variedade de doenças relacionadas ao sangue.

Os médicos locais mantinham as sanguessugas vivas em recipientes especiais, usando água doce proveniente do rio que fluía a poucos metros da pequena casa. Durante os meses do inverno, uma lareira mantinha as sanguessugas quentes e confortáveis ​​e impedia que água acumulada nos recipientes ficasse congelada. Os alimentos, no entanto, não eram incluídos, pois esses “bichos sanguinários” conseguiam sobreviver por um tempo surpreendentemente longo, às vezes até mais de um ano sem se alimentar. Mantê-los com fome também fazia parte do negócio, pois deixava essas criaturas mais eficientes em sugar sangue.

A sangria terapêutica foi usada como uma forma de tratamento por mais de 2.500 anos e naquela época era comumente apontada como uma possível cura para quase tudo: acne, cólera, epilepsia, gangrena, indigestão, dor de garganta, varíola, tuberculose e centenas de outras doenças.

Acredita-se que a popularidade desse tratamento tenha sido desencadeada por causa da cura de um certo sargento francês, que foi esfaqueado no peito durante uma batalha e desmaiou devido à perda de sangue. Ao ser levado para o hospital, os médicos trouxeram algumas sanguessugas e as colocaram nas partes mais sensíveis das feridas. Após um tempo tendo as suas feridas sugadas pelos animais, o sargento supostamente apresentou um quadro de saúde muito melhor.

Inicialmente, as sanguessugas eram colhidas em pântanos e mangues. Às vezes, até as sanguessugas que se prendiam às pernas dos cavalos também eram utilizadas. A sangria e o uso de sanguessugas declinaram gradualmente em popularidade ao longo do século XIX, de modo que a casa de sanguessugas de Bedale logo deixaria de ser usada para o armazenamento dos animais. Até hoje, essa é a única casa de sanguessugas restante no Reino Unido.

Um tanto bizarro, não é mesmo? Comente! 😀

Leia Também: