Já parou pra pensar por que esta tirinha faz tanto sentido?




Então você já deve ter se perguntado porque temos uma “explosão” sempre que misturamos Coca Cola com algumas pastilhas de Mentos Mint, não é mesmo seus pestinhas?

A olho nu, o que temos é o seguinte: Ao colocar as balas dentro de um recipiente fechado com a bebida a quantidade de gás aumente significativamente dentro deste e, por consequência, muitas bolhas (muitas mesmo) aumentando também a pressão. Mesmo com o recipiente fechado, caso seja muito grande a quantidade de Mentos em contato com a Coca-Cola, o recipiente pode ceder a esta pressão, fazendo o famoso efeito vulcão que leva a criançada ao delírio e os pais à falência, caso queiram fazer a brincadeira repetidas vezes.




Esta manifestação só acontece porque o equilíbrio entre a Coca-Cola e gás é quebrado quase instantaneamente, quando o gás carbônico (CO2) é liberado. Por conta desta quebra que vemos aquele “jato” se formando. Por outro lado, uma vez que ácido carbônico (H2CO3), que está presente no líquido é instável, ele então se decompõe rapidamente. Confira na equação simplificada:

H2CO3 = CO2(g) + H2O *BUUUUUUUMMMM!!!*

Agora, outra dúvida que pode ter passado pela sua cabeça: Será que eu morro, caso tome aquele garrafão de Coca Cola junto com 4 pacotes de Mentos Mint? Se os seus planos de vida incluem morrer parecendo um vulcão, meus pêsames, caros leitores, mas a mistura não mata. Talvez aconteça só um mal estar desnecessário de ser passado, no máximo.

De qualquer forma, sugiro que não desperdice estas delícias. Consuma com responsabilidade!

Gostou? Deixe o seu comentário pra gente, compartilhe! 🙂