Curiosidades, História

Quem inventou o carrinho de bebê?

Os carrinhos de bebê estão muito presentes no nosso cotidiano, tanto é que hoje podemos vê-los em praticamente todos os lugares como parques, shoppings, restaurantes ou nas próprias ruas. Graças a essa invenção, o transporte de crianças pequenas se tornou muito mais rápido, prático e seguro. Mas como surgiu o primeiro carrinho desse tipo?

O carrinho de bebê foi inventado em 1733 pelo arquiteto inglês William Kent. Ele foi projetado especialmente para os filhos de William Cavendish, 3º Duque de Devonshire e era basicamente uma versão infantil das tradicionais carruagens puxadas por cavalos. No desenho do modelo original, o bebê ficava deitado em uma estrutura em forma de concha que ficava acoplada na pequena carruagem de quatro rodas. Esse carrinho de bebê também tinha um sistema de puxadores frontais que permitiam que ele fosse puxado por uma cabra, um pequeno pônei ou outros animais do tipo. Um sistema de suspensão feito com molas proporcionava o conforto necessário para a criança durante longas jornadas.

O primeiro modelo de carrinho de bebê.

Muito rapidamente, essa invenção se popularizou entre as famílias de classes mais altas. A fabricação em maiores quantidades só veio a acontecer quando o fabricante de brinquedos Benjamin Potter Crandall iniciou a comercialização dos primeiros carrinhos de bebê fabricados nos Estados Unidos na década de 1830. Seu filho Jesse Armor Crandall registrou patentes para muitas melhorias realizadas nos carrinhos, como a inclusão de um sistema de freio, um modelo dobrável e guarda-sóis para proporcionar sombra para a criança.

O americano Charles Burton foi o responsável por inventar as primeiras alças usadas para empurrar o carrinho de bebê em 1848. Com esse aprimoramento, os pais não precisavam mais usar animais de tração, em vez disso, eles mesmos podiam empurrar o carrinho para frente e para trás. Como a sua criação não conseguiu ser tão popular nos Estados Unidos, ele resolveu patenteá-la na Inglaterra.

Foi apenas em 1889 que a versão moderna do carrinho de bebê foi desenvolvida, através da patente do inventor afro-americano William Richardson. Seu desenho abandonava a forma de concha do carrinho e adotava um formato de cesta que dava um visual mais simétrico. Um dispositivo limitador impedia que ele girasse mais de 90 graus e as rodas passaram a se mover de um jeito mais independente, o que tornava o carrinho mais manobrável.

Especificações do projeto de William Richardson.

O uso dos carrinhos de bebê se popularizou entre todas as classes econômicas por volta de 1900. Alguns deles foram até doados por instituições de caridade para mães pobres. Melhorias e aprimoramentos são feitos até hoje, para que o passeio seja seguro e prazeroso tanto para os pais quanto para o próprio bebê.

Gostou? Compartilhe esse post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de