Curiosidades

10 fatos interessantes sobre diamantes

10 fatos interessantes sobre diamantes

O diamante é uma pedra que as pessoas amam ganhar e ostentar, ainda mais quando em forma de chocolate: O Diamante Negro. Também tem sido usado como símbolo de amor e romance, dando um toque especial para anéis de noivado e casamento. Eles são raros, muito bonitos e também são muito desejados há milhares e milhares de anos. Confira com a gente algumas curiosidades deste derivado de carbono (opa, já deixei uma curiosidade escapar) que valem muito a pena conferir!

1. Não tão raros quanto pensamos

Tipos de corte de diamante

Depois desta, o que vai ter de gente cavando buraco no meio da própria casa em busca dessa pedra não tá no gibi: Diamantes não são tão raros ou valiosos. A razão de sua alta demanda vem das campanhas de marketing das grandes mineradoras que promovem as vendas de anéis de noivado.

2. Já ouviu falar de “Lucy?”

O maior diamante já visto foi encontrado no espaço. Foi batizado de “Lucy” em referência à música dos Beatles, “Lucy in the Sky with Diamonds”.

3. Diamantes possuem diferentes cores

Diferente do tom branco transparente que maior parte das pessoas são familiarizadas, diamantes podem ter uma variedade maior de cores como rosa, azul, vermelho, roxo, laranja, ou qualquer outra cor que possamos imaginar. Estas cores são causadas por pequenas quantidades de impurezas na pedra.

4. Diamantes são um mal investimento

Se você procura por um investimento com um valor cada vez melhor, diamantes definitivamente não são a melhor escolha. O preço dos diamantes é artificialmente controlado pelas grandes companhias, permanecendo relativamente estável o tempo todo. Se você comprar diamantes no varejo e vendê-los pelo preço de atacado, não há muita chance de se vender a um preço mais alto.

5. Índia: Primeiro produtor comercial

A Índia descobriu esta pedra há, pelo menos 2.400 anos atrás e se tornou o primeiro produtor comercial de diamantes. O país dominou a produção até os anos 1730, quando os sul-americanos tomaram conhecimento da pedra. Antes do seculo XVIII, diamantes só eram encontrados na Índia.

6. O segredo por trás dos anéis de noivado

O arquiduque Maximiliano da Áustria foi o primeiro homem a propor um casamento com um anel de diamantes. Ele o propôs a Maria de Burgundy em 1477 com um anel incrustado de peças finas e achatadas de diamantes em forma de “M” com esperanças de ganhar vantagem sobre os outros pretendentes dela.

7. “Só não é mais duro que diamante”… será?

Sempre nos disseram que o diamante é a substância mais rígida na Terra, mas a fisicista Natalia Dubrovinskaia e sua equipe comprimiu moléculas de fulereno de carbono, aquecendo-as ao mesmo tempo para criar uma serie de bastões interconectados, chamadas de nanobastões, mais ou menos 11% mais rígidos que um diamante. Porém, continua sendo o mineral mais duro conhecido em nosso planeta, até agora.

8. O grande “Diamante Cullinan”

A maior pedra do mineral já vista foi encontrada na África do Sul, medida em 3,106.75 quilates antes de ser polida. Foi batizada de “Diamante Cullinan”.

9. Só um pouco mais embaixo…

Diamantes se formam em aproximadamente 200 km abaixo da superfície terrestre e são empurradas devido a momentos de erupções vulcânicas. Porém, normalmente, sua extração requer a remoção de grandes quantidades de solo, o que pode provocar danos a este, além de mudar a rota de rios, levando também ao desflorestamento.

10. Você pode transformar ALGUÉM em um!

Uma companhia suíça teve uma abordagem um tanto quanto inusitada quando o assunto é lembrar de nossos entes queridos que já se foram. Você pode transformar uma pessoa em um diamante! Como? Eles comprimem e super aquecem as cinzas da pessoa cremada, tornando-a em um diamante feito a partir de material humano, podendo usá-lo como adorno e lembrança. Este tipo de joia ficou conhecida como Memorial Diamond.

E aí, gostou? Comente pra gente! 🙂

Leia Também: