Curiosidades, História

Como surgiu o Budismo Tibetano?

Como surgiu o Budismo Tibetano?

O budismo tibetano, classificado como Vajrayana, inicialmente contou com professores indianos em sua formação que no inicio surgiu como uma linha com meios para se chegar à realização, por exemplo, recitação de mantras, meditações elaboradas, etc. Com o passar do tempo se tornou algo extremamente dominante não apenas nas regiões do Tibete, mas também em áreas da Mongólia e China, por exemplo.

Após vários séculos de esforços, o budismo tibetano pouco a pouco foi se transformando em quatro tradições. A Nyingma surgiu no Antigo Período de Tradução, enquanto as outras (Sakya, Kagyu e Kadam) surgiram durante o Novo Período de Tradução. Mesmo hoje em dia com o budismo sendo restringido ao Tibete, existe um grande crescimento em diversas regiões do mundo, como por exemplo no Nepal, na Índia e gradualmente vem se espalhando pelo globo.

A tradição Bön, que já predominava no Tibete antes mesmo do budismo, é considerada uma escola Vajrayana por alguns mestres tibetanos, entre eles está o famoso líder religioso Dalai Lama que é reconhecido por todas as escolas do budismo tibetano.

 

No Brasil também há grupos derivados da escola Kadam (posteriormente, Gelug) que deixaram de reconhecer o Dalai Lama como um líder espiritual, após certas discordâncias. Por exemplo, centros ligados ao Lama Gangchen.

Interessante como o budismo tibetano se originou e logo conquistou o mundo, não acha? Comente!

Leia Também: