Curiosidades

5 hábitos ruins que podem proliferar bactérias pela sua casa

5 hábitos ruins que podem proliferar bactérias pela sua casa

Qualquer ação preventiva é fundamental para controlar a disseminação de bactérias na nossa casa. O problema é que muitas vezes ignoramos alguns hábitos ruins que praticamos diariamente sem perceber que eles podem contribuir grandemente na proliferação de germes. Por isso, aqui estão cinco exemplos de coisas que quase todo mundo faz, mas que deveriam ser evitadas para combater a proliferação de bactérias.

1. Dar descarga com a tampa do vaso aberta

Se a tampa está lá é porque ela desempenha uma função! De acordo com o American Journal of Infection Control, quando você dá descarga, o conteúdo do vaso sanitário (água e matéria fecal) é liberado no ar, enviando um “spray indesejável” que contém bactérias microscópicas. Se você não fechar a tampa do vaso sanitário, as bactérias podem contaminar suas mãos, as superfícies do banheiro e até mesmo objetos como escovas de dente.

2. Levar o celular para o banheiro

Quando você faz o número 2, bactérias e até mesmo matéria fecal são liberadas no ar e podem “pousar” em superfícies como… o seu celular! Mesmo que você lave as mãos antes de sair do banheiro, essa bactéria ainda continuará presa na tela. Por isso, é melhor deixar o seu celular para trás na próxima vez que fizer uma visita ao banheiro.

3. Compartilhar toalhas

Compartilhas coisas pode ser algo muito legal e um gesto bonito de se ver, menos quando o assunto é bactérias. O ideal é que cada membro da casa tenha a sua própria toalha de mão no banheiro. Caso isso não seja possível, lave as toalhas pelo menos uma vez por semana (ou mais se tiver crianças pequenas) para evitar o acúmulo de bactérias no tecido.

4. Usar sabonete em barra

Todo mundo sabe que, de fato, os sabonetes limpam as mãos. O problema é que os sabonetes em barras acabam se tornando locais de reprodução das bactérias quando são usados por várias pessoas. Desse modo, dê preferência ao sabonete líquido. Pode ser um pouco mais caro, mas valerá a pena no final.

5. Assoprar velinhas em bolos de aniversário

A menos que seu desejo de aniversário seja ter bactérias por todo o bolo, talvez você queira reconsiderar essa tradição. Quando você sopra as velas, automaticamente acaba liberando bactérias que estão dentro da sua boca. E adivinhe para onde elas vão? Claro, a superfície do bolo! Embora exista uma pequena chance de adoecer em decorrência desses germes, só de pensar na situação já dá para perceber como essa simples ação pode se tornar algo bem desagradável. Para se ter uma ideia, um estudo mostrou que soprar velas faz com que a quantidade de bactérias na superfície de um bolo aumente em 1.400%!

Cutiu o post? Compartilhe e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de