Curiosidades

Conheça a curiosa flor-do-beijo

Conheça a curiosa flor-do-beijo

A Psychotria Elata é certamente uma daquelas plantas que têm a capacidade de impressionar qualquer um com seus recursos visuais únicos. Conhecida popularmente como flor-do-beijo, essa planta de belos “lábios vermelhos” pode ser encontrada em florestas tropicais de alguns países da América Central e do Sul, como Colômbia, Costa Rica, Panamá e Equador.

Por causa de sua aparência, a flor-do-beijo também é chamada de “lábios de prostitua” ou “lábios quentes”. Pesquisadores acreditam que essa planta evoluiu para a sua forma atual para atrair polinizadores, o que inclui abelhas, beija-flores e borboletas. Devido à seu habitat bastante específico, não é nenhum pouco fácil encontrar essa planta. Ela costuma crescer em solos ricos em matéria orgânica e frequentemente irrigados, o que torna a sua localização ainda mais complicada se compararmos com outras plantas mais comuns.

A tarefa de localizar a flor-do-beijo se tornou ainda mais difícil nos últimos anos, já que essa espécie corre sérios riscos de extinção. A principal causa disso é o desmatamento constante de sua terra natal pela ação humana. Isto é algo bastante triste, considerando que a Psychotria Elata é uma planta que tem um conjunto de características visuais impressionantes e que a diferem de qualquer outra coisa na natureza.

Curiosamente, existe uma certa confusão envolvendo os seus famosos lábios vermelhos. Muitas pessoas acreditam que os lábios são a flor da planta, mas a flor verdadeira fica escondida dentro deles. Os lábios são na verdade folhas modificadas chamadas de brácteas que têm a função de proteger a flor durante o seu desenvolvimento. É importante destacar que as brácteas adotam essa forma de lábios ​​apenas por um curto período de tempo, antes de se abrirem para revelar as flores reais da planta.

Sem dúvidas, a flor-do-beijo é mais uma das belas obras que a natureza pode proporcionar, mas como seu habitat têm sido afetado pelo desmatamento, a cada dia que se passa fica mais difícil encontrá-la. Além disso, alguns habitantes das selvas da Colômbia e do Peru costumam usar essa planta como remédio, já que ela supostamente tem propriedades anestésicas e poderes afrodisíacos. No entanto, nenhum estudo foi realizado para comprovar esses benefícios.

O que você achou dessa planta? Compartilhe o seu comentário com a gente! 😀

Leia Também: