Curiosidades

Qual é a moeda mais valorizada do mundo?

Qual é a moeda mais valorizada do mundo?

Hoje estamos em um período complicado, principalmente quando falamos de economia e vemos o dólar valendo R$3,70 (cotação do dia 05/11) e esta situação me fez pensar. Qual será a moeda mais valorizada do mundo?

Talvez você jamais tenha ouvido falar dela, porém a moeda mais valorizada do mundo atualmente é o dinar kuwaitiano! Na cotação de hoje, 1 KWD vale US$2,75 ou R$12,17. Já pensou que loucura? Pois bem, esta é a moeda oficial do Kuwait, país que fica ao nordeste da península Arábica na conhecida Ásia Ocidental. Em sua fronteira encontra-se a Arábia Saudita ao sul e o Iraque ao norte. O curioso é que sua circulação no mercado internacional é muito pequena, sendo até mesmo considerada insignificante. Porém, o que a faz tão valiosa?

Acontece que este é um país que exporta grandes volumes de petróleo, o que acaba trazendo uma grande soma de dólares para o país. Como há grande oferta da moeda no Kuwait que precisa ser trocada pela moeda local rapidamente, o dinar kuwaitiano acaba sofrendo uma grande pressão de demanda e faz a moeda se valorizar frente ao dólar. Porém, o que parece excelente acaba sendo uma armadilha, isso porque as taxas de câmbio acabam ficando excessivamente valorizadas e, por consequência, altas, assim se tornando caras para o mercado internacional, criando o chamado círculo vicioso de dependência do petróleo. Para evitar este tipo de acontecimento, países como o Dubai, por exemplo, incentivam outras setores para assim, estimular a economia.

Capital do Kuwait que também se chama Kuwait.

Existem outras moedas tão valiosas quanto o Dinar Kuwaitiano?

Tão valiosas não, mas que possuem valores altíssimos relacionados ao dólar, existem sim. Vamos a lista:

  • Dinar Bareinita: US$2,65 ou R$9,81
  • Rial Omanense: US$2,60 ou R$9,60
  • Dinar Jordânico: US$1,41 ou R$5,21
  • Libra Esterlina: US$1,30 ou R$4,81
  • Euro: US$1,14 ou R$4,21

Sensacional a forma como a economia funciona, não acha? Comente!

Leia Também: