Curiosidades, História

Conheça a história de Stan Lee, o criador de vários heróis da Marvel

Conheça a história de Stan Lee, o criador de vários heróis da Marvel

Nesta segunda-feira (12), o mundo perdeu um dos maiores ícones da cultura pop. Stanley Martin Lieber, mais conhecido como Stan Lee, foi uma figura de destaque no mundo dos quadrinhos por mais de 5 décadas e morreu aos 95 anos em um hospital de Los Angeles, após ter passado mal em sua residência. Como antigo editor da Marvel Comics, ele ajudou a criar alguns dos super heróis mais emblemáticos do mundo, se tornando uma personalidade extremamente popular no meio geek. Por isso, nós aqui do TriCurioso resolvemos homenagear essa lenda ao contar um pouco da sua longa história de sucesso.

Stanley Martin Lieber nasceu em 28 de dezembro de 1922, na cidade de Nova York. Depois de terminar o ensino médio aos 16 anos, Lee foi contratado como assistente editorial da Timely Comics, que em 1961 passaria a se chamar Marvel Comics, como conhecemos hoje. Naquela época, ele começou a sua carreira escrevendo roteiros para histórias em quadrinhos usando o nome “Stan Lee”, um pseudônimo que acabou se tornando tão popular que virou seu nome legal. Durante as décadas de 1940 e 1950, período onde a editora enfrentou graves crises financeiras, Lee conseguiu render bons lucros para a empresa ao criar várias séries de quadrinhos com temáticas promissoras, incluindo The Witness, The Destroyer, Ciclone e Black Marvel.

Em 1961, Stan Lee e o desenhista Jack Kirby criaram a série Quarteto Fantástico, que contava a história de quatro astronautas que ganharam super poderes após um incidente cósmico. A série teve um retorno muito positivo e transformou Lee e a Marvel em forças importantes no mundo dos quadrinhos. Um ano depois, Lee e o desenhista Steve Ditko criaram o Homem-Aranha, que viria a se tornar um dos heróis mais populares do mundo.

Com os quadrinhos cada vez mais populares, Lee, Kirby e Ditko adotaram um fluxo de trabalho colaborativo que ficaria conhecido como “o método Marvel”. A técnica dava aos artistas uma contribuição significativamente maior na trama da história e permitia que a Marvel produzisse novos conteúdos em um ritmo vertiginoso. Desse modo, as revistas conseguiam atingir números de vendas muito expressivos, o que levou à criação de outras séries como Hulk e X-Men nos anos seguintes.

Uma característica marcante dos heróis dos quadrinhos produzidos por Lee é que eles combinam poderes sobre-humanos com as inseguranças e emoções tipicamente humanas, aproximando-os do público. Com isso, a Marvel continuou a prosperar e em 1972 Lee tornou-se editor e diretor editorial do grupo. Depois de trabalhar para a Marvel por quase 60 anos, Stan Lee começou a investir em outros projetos, sendo que em 1999 ele resolveu formar a Stan Lee Media, uma empresa de entretenimento e distribuição de mídia com foco nas suas criações. No entanto, após um sucesso inicial, a enfrentou vários processos e acusações de corrupção, o que fez com ela entrasse com pedido de falência em fevereiro de 2001. Em 2004, a Pow Entertainment foi fundada para agregar os novos personagens e franquias de Lee.

A fama dos personagens de Stan Lee garantiu o sucesso de vários filmes baseados nas suas criações. Um fato curioso é que Lee frequentemente recebia papéis especiais nesses filmes, uma tradição que continuou ao longo dos anos. Na maioria das suas atuações ele servia apenas como um mero figurante, mas o enquadramento do vídeo focava em seus movimentos de forma proposital, como você pode ver no vídeo abaixo:

Agora que você já conhece a história de Stan Lee, que tal ficar por dentro de algumas curiosidades sobre ele?

  • Ele foi introduzido no Hall da Fama do Prêmio Will Eisner da indústria de quadrinhos em 1994. Além disso, ele tem uma estrela dedicada na calçada da fama;
  • Os autores favoritos de Lee incluem Stephen King, HG Wells, Mark Twain, William Shakespeare e Harlan Ellison;
  • Quando o Homem-Aranha se casou com Mary Jane em 1987, a Marvel resolveu realizar um evento publicitário em um estádio de Nova York, com atores devidamente vestidos como os personagens. Stan Lee foi o responsável por oficializar a cerimônia de casamento;
  • Quando foi perguntado sobre qual vilão da Marvel ele gostaria de se tornar, Stan disse que seria o Doutor Destino. Segundo ele, o Doutor Destino é mal compreendido, pois o fato de ele querer governar o mundo não significa que ele seja completamente um vilão;
  • Segundo o próprio Lee, o Hulk deveria ter uma cor cinzenta, mas como a impressora da editora tinha dificuldades em manter a cor de uma forma consistente, ele acabou optando pelo verde.
  • Em 2008, o então presidente dos EUA, George W. Bush, homenageou Lee com a Medalha Nacional das Artes. Ele é o único escritor de quadrinhos a receber a honraria.
  • O Quarteto Fantástico, criado por Stan Lee e Jack Kirby, é considerado por muitos a série de quadrinhos de super-heróis mais influente de todos os tempos.
  • A Fundação Stan Lee foi fundada em 2010 com o objetivo de promover a alfabetização, educação e artes. Suas causas incluem apoiar programas e ideias que melhorem o acesso aos recursos de alfabetização, assim como promover a diversidade, a cultura e todos os tipos de arte.

Uma história muito rica, não é mesmo? Deixe o seu comentário!

Leia Também: