Curiosidades

13 curiosidades incríveis sobre o café

O café é a bebida que nos dá um pontapé quando mais precisamos, a cola social que nos mantém unidos e muitas vezes a fonte de energia que nos faz superar os obstáculos do dia a dia. Sua origem exata ainda são bastante controversas, mas sua popularidade é facilmente notada em qualquer parte do mundo. Com seus inúmeros benefícios para a saúde, sabor delicioso e versatilidade, não é de se admirar que muita gente tenha um grande amor a seu respeito. Por isso, listamos aqui 13 fatos curiosos que você provavelmente não sabe sobre o café:

1. Não se sabe exatamente como ou quando o café foi descoberto pela primeira vez, mas a primeira menção conhecida de sua existência foi registrada em meados do século XV, em escritos dos mosteiros sufistas do Iêmen.

2. Antes que as pessoas aprendessem a preparar o café como a bebida que conhecemos e amamos, os grãos eram consumidos diretamente, por se tratar de um alimento rico em energia. Consumir os grãos dessa maneira intensifica os efeitos da cafeína e de outros produtos químicos presentes em sua composição.

3. Os dois grãos de café mais cultivados são o Arábica e o Robusta. O arábica é mais comum, representando 60% da produção global, enquanto o menos popular é o Robusta, que tem um sabor mais mais forte, menos ácido e mais amargo.

4. A adição de leite ao café diminui a estimulação proporcionada pela cafeína, pois nossos corpos o absorvem muito mais lentamente quando é acrescentado à ele um certo teor de gordura. Então, se você deseja tomar um cafezinho à noite, mas ainda quer ter uma boa noite de sono, experimente adicionar um pouco de leite.

5. Estudos sugerem que apenas o cheiro da bebida já é suficiente para deixar algumas pessoas em estado de alerta.

6. Tecnicamente, o café descafeinado precisa ter pelo menos 97% de sua cafeína removida para receber esse rótulo. Ou seja, descafeinado não significa necessariamente que ele não tenha nenhuma cafeína.

7. O café mais caro do mundo é produzido a partir das fezes de um animal chamado civeta, popular na Indonésia. Incapaz de digerir os grãos, o animal os fermenta em seu estômago. Os grãos são então excretados e usados ​​para produzir uma bebida chamada kopi luwak, que supostamente possui um sabor suave. Um quilo dos grãos excretados pode chegar a custar mais de 600 dólares!

O post ainda não terminou... Mas que tal descobrir se o refrigerante DR PEPPER é bom em nosso último vídeo?

Clique aqui para assistir no YouTube



8. Antes de ganhar a fama mundial, o nome original do café era “qahwa”, que costumava ser o termo árabe usado para descrever o vinho. Por causa disso, ele chegou a ser conhecido como o “vinho da Arábia”, quando surgiu na Europa no século XIV.

9. O Brasil produz aproximadamente um terço do café mundial, tornando-se o principal país nesse quesito. Vietnã e Colômbia garantem o segundo e o terceiro lugar, respectivamente.

10. A maior xícara de café da história foi preparada na Coreia do Sul em 2014, chegando a mais de 14 mil litros da bebida! Se isso não for o suficiente para te acordar de manhã, presumo que você seja uma pessoa muito sem sorte.

11. Houve outra tentativa de banir o café na Itália no século 16, pois alguns clérigos achavam que se tratava de uma bebida satânica. Isso gerou discussões até que o Papa Clemente VIII resolveu tomar um gole e dizer que a bebida era deliciosa. De fato, ele até chegou a brincar com o cafezinho, dizendo que deveria ser batizado.

12. Uma overdose de café pode até ser rara, mas é tecnicamente possível. Depois da ingestão de 30 xícaras em um período de tempo muito curto, os níveis de cafeína no sangue podem se tornar perigosamente tóxicos e letais. Um estudo de 2017 descobriu que houveram 51 mortes relacionadas à overdose de cafeína desde 1959.

13. O café solúvel (instantâneo) foi inventado pelo cientista japonês Satori Kato em 1901 e foi posteriormente aprimorado pelo químico americano George Constant Louis Washington.

E você, gosta de tomar um cafezinho? Deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de