Notícias

Queijeiro suíço quer usar a música para melhorar o sabor dos seus queijos

Queijeiro suíço quer usar a música para melhorar o sabor dos seus queijos

Um fabricante de queijos que vive no Cantão de Berna, na Suíça, vem fazendo experimentos muito peculiares na tentativa de melhorar a sua produção. Por exemplo, ele tem experimentando usar músicas de vários gêneros nas câmaras de armazenamento de queijos para ver se elas conseguem de alguma forma melhorar ainda mais o seu sabor.

Desde setembro, o fabricante de queijos Beat Wampfler coloca para tocar álbuns completos de bandas como A Tribe Called Quest e Led Zeppelin nas salas onde os queijos ficam guardados, na esperança de provar que a música pode influenciar o desenvolvimento das características físicas e sabor do alimento. Ele está convencido de que a umidade, a temperatura e os nutrientes não são as únicas coisas que podem causar um certo impacto na qualidade do queijo, de modo que a música seria uma forma simples e prática de realçar o sabor dos produto.

Embora a ideia de Wampfler pareça muito bizarra à primeira vista, ele conseguiu convencer alguns cientistas da Universidade das Artes de Berna para participarem dos seus experimentos. Inicialmente, eles eram totalmente céticos quanto aos efeitos que a música poderia proporcionar, mas depois eles descobriram que havia um campo ramo da química chamado “sonoquímica” que analisa o impacto do som em corpos sólidos e na provocação de reações químicas. Dessa forma, eles concluíram que o fabricante de queijos poderia, de fato, se beneficiar de alguma forma através do uso bem-empregado desses fenômenos em particular.

Para testar sua teoria, Beat Wampfler instalou pequenos alto-falantes sob as grandes prateleiras repletas de queijos e os dividiu em vários grupos, de acordo com os gêneros musicais utilizados. Alguns queijos foram deixados para envelhecer escutando batidas techno, outros com o som ambiente e uma parte com peças clássicas de Mozart. Os supostos efeitos proporcionados pelo rock e hip-hop no sabor dos queijos também estão sendo testados em uma outra câmara separada.

Infelizmente, os resultados conclusivos da experiência deverão demorar um pouco para serem coletados. Um experiente júri de provadores de queijo avaliará o efeito dos vários gêneros musicais nos alimentos produzidos por Wampfler apenas no próximo ano, mais especificamente no dia 15 de março. Aguardemos o resultado!

Você acha que a música pode realmente influenciar o sabor de certos alimentos? Deixe o seu comentário!

Leia Também: