Curiosidades

Qual a diferença entre a pulga e o piolho?

Pode parecer uma pergunta boba, afinal bem sabemos que as pulgas vivem em nossos amigos pets enquanto os piolhos gostam de visitar nossas cabeças. Porém, você sabem realmente qual a diferença entre a pulga e o piolho? Este, meu amigo, e o objetivo da matéria de hoje! Vamos descobrir?

Pulga

Essa ‘amiguinha’ é um inseto da ordem Siphonaptera, é um parasita externo que se alimenta do sangue de mamíferos e aves. Possui um corpo coberto por placas duras que as protege dos dentes dos animais, ações externas e até mesmo da batida no chão após saltar de muito alto. Elas possuem corpos achatados e pelos apontados para trás para assim rastejar de forma mais fácil pelo hospedeiro. Elas vivem principalmente em nossos pobres animais de estimação como cães e gatos e podem transmitir graves doenças como tifo e peste bubônica. Além de serem irritantes por picarem constantemente, elas podem transmitir vermes e parasitas através do sangue, isso além de induzir processos alérgicos e diminuir a qualidade de vida de nossos amiguinhos. Elas são capazes de pular até um metro de distância e, assustadoramente, uma fêmea é capaz de colocar 20 ovos em um único dia durante 21 dias seguidos, já pensou nesse tanto de bebês? Hoje existem 16 famílias de pulgas e duas mil espécies conhecidas no mundo.

Piolho

O post ainda não terminou... Mas que tal descobrir se o refrigerante DR PEPPER é bom em nosso último vídeo?

Clique aqui para assistir no YouTube



Esse é um inseto da ordem Phthiraptera que hoje é dividida em quatro subordens com mais de 3 mil espécies. Uau. Pois bem, as pulgas não possuem asas e também são parasitas externos, adoram aves e mamíferos – exceto monotremados e morcegos – e possuem seu corpo dividido em cabeça, tórax, abdome e três pares de patas. Também se alimentam de sangue e também possuem um corpo achatado. Cada espécie de piolho habita um tipo determinado de hospedeiro. Ou seja, um piolho que vive num ser humano jamais vai habitar um gato, por exemplo. Isso é interessante porque eles são muito dependentes do sucesso de seu hospedeiro. Eles não saltam como as pulgas e só passam de um ser vivo para o outro através do contato, uma fêmea coloca de 20 a 200 ovos operculados.

Eca… não é mesmo? Comente!

Você também pode gostar de