Curiosidades

Quem inventou o absorvente feminino?

Quem inventou o absorvente feminino?

O absorvente feminino é definitivamente algo de extrema necessidade na vida de todas as mulheres que já passaram pela menarca, ou seja, que já menstruaram pela primeira vez. Porém, você já parou para pensar em quem foi o gênio por trás deste invento?

Infelizmente, historizadores não sabem dizer com precisão quem foi o inventor do absorvente feminino. Porém, é comprovado de que há pelo menos 2500 anos o público feminino já utiliza recursos para conter o fluxo sanguíneo do período menstrual. O primeiro registro que se tem está em manuscritos gregos de Hipócrates – o pai da medicina – que viveu durante 460 e 370 a.C. Em sua obra é possível ler sobre um tipo de proteção menstrual que as mulheres utilizavam dentro da vagina. Infelizmente, não existem grandes detalhes sobre o tal objeto.

Então, até o início do século 20, o recurso era utilizar as chamadas toalhinhas que consistiam em faixas de tecido que eram dobradas em três partes e, após utilizadas, eram lavadas e reutilizadas. Já os absorventes como conhecemos hoje foram criados na Alemanha no final do século 19, no início eram apenas um tipo de bandagem que era colocado dentro das calcinhas. Ele apareceu nas lojas pela primeira fez em 1890 e causou furor entre as mulheres da época. Por aqui, na década de 1930, tivemos grandes inovações quando surgiu no Brasil o famoso Modess (por isso sua avó e sua mãe chamam absorvente feminino de modess, entendeu?), este foi o primeiro absorvente descartável do país! A próxima inovação foi o absorvente interno que foi patenteado em 1933 nos Estados Unidos, chegando por aqui só quatro décadas depois através da marca O.B.

Interessante, não é mesmo? Comente!

Leia Também: