Curiosidades

Conheça o aeroporto cuja pista é atravessada por uma linha de trem

Conheça o aeroporto cuja pista é atravessada por uma linha de trem

O Aeroporto de Gisborne é um pequeno aeroporto regional que fica localizado nos arredores da cidade de Gisborne, na costa leste da Ilha do Norte da Nova Zelândia. Curiosamente, o Aeroporto de Gisborne é um dos poucos aeroportos do mundo que conta com uma linha férrea (a Linha Norte de Palmerston – Gisborne) que atravessa a pista principal de pousos e decolagens. O Aeroporto de Gisborne cobre uma área total de 160 hectares, possuindo três pistas de grama e uma pista principal de asfalto, que é justamente a que é atravessada pela Linha Ferroviária Norte de Palmerston – Gisborne.

O Aeroporto de Wynyard, localizado na costa oeste da Tasmânia, era um outro aeroporto que também tinha uma travessia ferroviária na sua pista. No entanto, o decadente tráfego ferroviário na região forçou o fechamento da linha férrea no início de 2005, fazendo com que a travessia ferroviária do aeródromo de Wynyard não seja mais operacional. No Aeroporto de Gisborne, por outro lado, a rota ferroviária funciona ativamente junto com o aeródromo, que opera todos os dias entre as 6:30 da manhã e as 8:30 da noite. Depois disso, a pista fica fechada até a manhã seguinte.

Um dos aspectos mais interessantes disso tudo é que, quando o trem fica próximo de passar na pista de pousos e decolagens de Gisborne, o maquinista precisa parar e procurar a liberação da torre de controle de tráfego aéreo para cruzar a pista e continuar o seu trajeto. Os trilhos da ferrovia dividem a pista praticamente no meio e com muita frequência é possível ver trens ou aeronaves parados na espera de que um deles se desloque para continuar a sua viagem.

Na verdade, gerenciar o pouso e decolagem de aeronaves em uma pista que também serve como rota ferroviária operacional é um trabalho relativamente desafiador para as autoridades aeroportuárias, já que ambos os meios de transporte possuem horários programados para partidas e chegadas que muitas vezes se encontram. De fato, o Aeroporto de Gisborne é o principal portal de entrada e saída da região, abrigando mais de 60 voos domésticos e recebendo mais de 150.000 passageiros todos os anos.

Curioso, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: