Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Afinal, o que causa o cheiro de carro novo?

Para a maioria das pessoas, o cheiro que um carro novo apresenta é algo estranhamente atraente. Embora seja difícil de saber exatamente o que é que torna esse aroma tão distinto e envolvente, muitas empresas fabricantes de purificadores de ar e sprays tentaram reproduzi-lo. Mas afinal, qual é o segredo por trás desse perfume?

Apesar de ser agradável, o cheiro de carro novo está longe de ser algo natural. Na verdade, ele é o resultado da liberação de inúmeros compostos químicos presentes em plásticos, tintas, lubrificantes, vedantes, plastificantes e vários outros materiais que foram usados ​​para fabricar tanto o interior quanto o exterior do veículo. Todos os carros são feitos para suportar solavancos e arranhões ao mesmo tempo em que mantêm uma aparência elegante, sendo que para conseguir isso, eles são construídos com materiais que fornecem o mínimo de corrosão, como uma variedade de plásticos e vinis de alto desempenho.

Esses materiais são altamente eficazes na preservação do interior de um automóvel. Por exemplo, o poliuretano é um material flexível e resistente à temperatura e à abrasão causada pelo clima e pela maioria dos solventes, enquanto o polietileno tereftalato (mais comumente conhecido como poliéster) é usado nos braços do limpador, tampas do motor e alojamentos de conectores. Esses materiais, assim como muitos outros, contribuem para a proliferação do famoso “cheiro de carro novo”.

Embora esse aroma seja encantador para muitas pessoas, ele também pode ser intoxicante para alguns. Isso acontece porque os compostos orgânicos voláteis liberados por tais materiais têm uma alta pressão de vapor, assim como baixos pontos de ebulição, o que faz com que um grande número de moléculas se evapore no ar. De fato, estudos científicos já foram realizados para testar se esses odores são problemáticos o suficiente para produzir quaisquer riscos à saúde, seja a curto ou a longo prazo. As pesquisas apontaram que alguns desses produtos químicos voláteis, os mesmos que são comumente encontrados em tintas e colas, podem resultar em tonturas, reações alérgicas ou dores de cabeça, caso sejam inalados em grandes quantidades e por longos períodos de tempo.

Felizmente, a maioria dos compostos orgânicos voláteis presentes no interior dos carros se dissipam com o tempo e podem ser liberados do veículo através de uma janela que permita a circulação de ar fresco.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Mais

Curiosidades

O papel higiênico é uma daquelas coisas indispensáveis dos tempos modernos, pelo menos no mundo ocidental. Hoje em dia, viver sem esse item pode...

Entretenimento

O mundo do YouTube vêm crescendo cada vez mais, chegando a superar até mesmo a TV aberta em alguns assuntos. O bom do YouTube...

Curiosidades

No decorrer da história grandes invenções começaram a surgir, algumas que de certa forma mudaram as nossas vidas, outras que de fato pareciam ser...

Curiosidades

A pizza é um dos pratos mais deliciosos e satisfatórios para fazer em casa. Embora seja mais fácil pedi-la pelos apps de comida, comer...

Curiosidades

As criaturas mitológicas costumam prender a nossa atenção, principalmente por conta das características delas. Mas o que nem todos sabem é que parte dessas...

Curiosidades

A cultura popular (especialmente nos filmes de ação) costuma trazer à tona algumas ideias bem loucas. Esquivar-se das balas parece ser a sua favorita....

Curiosidades

As mitologias estão espalhadas por  toda parte, em todas as culturas e cada uma tem sua identidade. Atualmente, existem pessoas que acreditam em alguma...

Curiosidades

Quando falamos de locais, eles podem ser definidos com os mais variados termos, dependendo da sua situação. Conhecemos por exemplo diversos países, estados e...