Saúde

O que é um derrame cerebral?

O que é um derrame cerebral?

A vida humana é extremamente sensível e existem doenças que são realmente apavorantes, principalmente por não sabermos exatamente como nos prevenir delas. O derrame cerebral, ou acidente vascular cerebral (AVC) é uma delas e por isso hoje decidi explicar um pouco sobre.

O derrame é, basicamente, a interrupção do fornecimento de sangue ao cérebro por um breve tempo que causa diversos danos ao cérebro. É uma doença bastante comum e chegam a ocorrer mais de 150 mil casos ao ano no Brasil. Dentre as idades mais afetadas estão bebês de 0 a 2 anos, jovens e adultos de 19-40, a taxa cresce dos 41 aos 60 e sobe ainda mais dos 60 anos para cima.

Sintomas

É preciso que um médico faça o diagnóstico com uma série de exames para descobrir se o que ocorreu/está ocorrendo é realmente um derrame, porém estão dentre os sintomas dificuldades de falar, andar e compreender, isso além de dormência da face, braços ou pernas e paralisia dessas partes. É possível que o paciente sinta:

  • Fraqueza nos músculos, incapacidade de coordenação do movimento, rigidez, paralisia ou problemas de coordenação.
  • Perda da visão de um dos olhos ou de ambos, visão dupla, visão embaçada.
  • Dificuldade de fala, fala arrastada ou perda da fala
  • Perda do equilíbrio, vertigem ou tontura
  • Formigamento, redução ou perda do tato
  • Confusão mental, incapacidade de compreensão do próprio idioma
  • Afasia de wernicke, dificuldade de engolir, dores de cabeça, movimento involuntário dos olhos, fraqueza de um ou mais membros

Tratamento

É preciso que a ação seja rápida nesses casos, a menor chance de que alguém esteja tendo um derrame próximo de você, ligue para a emergência (192) e informe o ocorrido. Isso porque é preciso que sejam administradas doses de anticoagulantes como tPA para que sejam minimizados os danos cerebrais, assim diminuindo o risco de sequelas. Após o derrame, os médicos se concentrarão na reabilitação do paciente já que o derrame inevitavelmente terá causado danos cerebrais, o que diferencia um caso do outro é a região e o tipo de sequela que poderá ocorrer, assim como sua gravidade.

Prevenção

Para prevenir um AVC, é de suma importância que você pratique atividades físicas diariamente, um mínimo de 20-30 minutos 5 dias por semana, isso melhora sua condição cardiovascular e evita a lesão. Também é MUITO importante que você NÃO FUME. NUNCA! O tabaco é um grande veneno e aumenta muito as chances de você acabar tendo um derrame.

Cuide da sua vida e da sua saúde sempre, não deixe ser tarde demais…

Leia Também: