Curiosidades

Por que os dentes ficam amarelos?

Por que os dentes ficam amarelos?

Apesar das celebridades e modelos ostentarem dentes surpreendentemente brancos, os sorrisos da maioria das pessoas são geralmente mais “amarelados”. No entanto, isso não deveria ser surpresa para ninguém, afinal, muitas coisas podem afetar a cor dos dentes e deixá-los com uma tonalidade amarelada, o que pode até fazer com que algumas pessoas se sintam constrangidas com a sua aparência e hesitem em sorrir. Mas afinal, quais são esses fatores que causam a descoloração dos dentes?

Primeiramente, é importante deixar claro que qualquer alimento de coloração intensa pode manchar os dentes, pois as moléculas dos seus pigmentos se ligam à camada superficial do esmalte. Bebidas ácidas e escuras como cafés, chás e refrigerantes, promovem uma espécie de “ação dupla”, já que o ácido presente em suas composições deixam os dentes mais porosos, fazendo com que eles adquiram o pigmento mais facilmente.

Fumar também é um outro fator que contribui para o amarelamento dos dentes. Fumar por si só já é um hábito nada saudável por muitas razões, mas um dos principais efeitos negativos que o fumo tem sobre o corpo é o enfraquecimento da imunidade. Ter um sistema imunológico fraco significa que você é incapaz de combater as bactérias tão bem quanto deveria, permitindo que elas se multipliquem mais rapidamente. Quando a placa e as bactérias ficam presas sob a linha da gengiva e se multiplicam, você fica sujeito ao desenvolvimento de uma doença gengival que, além do amarelamento, pode eventualmente até resultar na perda do dente.

Medicamentos também podem deixar os dentes amarelados. Antibióticos, anti-histamínicos, medicamentos para pressão alta e antipsicóticos geralmente causam a descoloração da superfície dentária, que em muitos casos pode ser temporária. Até mesmo a genética pode conferir um visual amarelado aos dentes.

Como você pode ver, vários fatores influenciam o amarelamento dos dentes. Mas acima de tudo é importante destacar que o amarelamento faz parte do processo natural de envelhecimento, à medida que o esmalte dentário se torna mais fino e a cor amarelada natural da camada da dentina subjacente se torna mais visível. Por isso, você não precisa entrar em pânico caso o seu dente adquira uma leve tonalidade amarelada. No entanto, se você se sentir desconfortável ou achar que isso representa um risco maior à sua saúde bucal, saiba que existem diversos tratamentos voltados para esse fim nas clínicas odontológicas.

Sabia dessa? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: