Curiosidades, História

Como a fotografia surgiu?

Nunca se tirou tanta foto como no século XXI. Praticamente qualquer aparelho eletrônico tem câmera, desde um celular até um computador. Há pouco tempo, para se tirar uma foto precisava de uma câmera, exclusiva para o ato, rolo de filme e ambientes bem iluminados, para apenas depois, revelar. A história da fotografia é ainda mais rústica e anterior a isso, conheça agora a breve história de como se começou a tirar fotos!

Para começar, o leitor precisa ter em mente a fotografia não teve início com o trabalho de apenas uma pessoa. Os precursores dessa arte foram os químicos e os físicos, por se tratar de processos científicos. A primeira fotografia ocorreu em 1826, pelo inventor francês Joseph Nicéphore Niépce.

Primeira foto da história

Com o surgimento de novas tecnologias, as câmeras evoluíram permitindo fotos com melhores performances.  A criação de fotografias coloridas também foi um processo lento. Apenas em 1861 o feito foi alcançado, pelo físico James Clerk Maxwell. Já o filme colorido surgiu em 1907.

Junto à evolução na tecnologia e facilidade de trocas informacionais, as fotos como forma de capturar momentos cotidianos se popularizou. Através da internet, fotógrafos passaram a utilizar da internet como forma de se expressar e compartilhar com um grande público. Ao mesmo tempo, pessoas comuns passaram a tirar fotos de forma banal, compartilhando fotos nas redes sociais e ameaçando a privacidade.

Hoje, quase 200 anos depois de a primeira foto ser tirada, há a discussão sobre a fotografia ser ou não uma forma de expressão artística. Ainda existem pesquisas nesse campo, também, para que as fotografias sejam cada vez mais realistas, já que mesmo com tantas inovações, críticos afirmam que as fotos digitais não conseguem captar todas as cores de forma genuína. A verdade é que a fotografia apresentou grande desenvolvimento nesses últimos dois séculos e tende a ter ainda mais melhorias no campo.

E aí, você já tirou uma selfie hoje? Compartilhe e conte-nos mais aqui nos comentários.

Você também pode gostar de