Curiosidades, História

Como foi definido o sentido dos ponteiros do relógio?

Como foi definido o sentido dos ponteiros do relógio?

Todo mundo já sabe que os relógios funcionam no sentido horário, ou seja, da direita para a esquerda. No entanto, pouca gente sabe quando isso foi definido e por que essa direção de rotação dos ponteiros foi a escolhida. Curiosamente, essa convenção moderna não é apenas uma escolha arbitrária de design, mas uma adaptação direta do primeiro tipo de relógio: o relógio de sol.

Lá atrás, o bom e velho relógio de sol ainda era o responsável por contar o tempo. Seu funcionamento se baseava na projeção de uma sombra sobre o gnômon, a parte do relógio solar que indicava a marcação do tempo na plataforma circular. Nos relógios de sol localizados no hemisfério norte, isso significava que a sombra se movia na direção norte → leste → sul → oeste, à medida que o sol mudava de posição ao longo do dia. Quando os relógios mecânicos começavam a surgir no mercado, principalmente na Europa, eles acabaram sendo projetados para operar de maneira semelhante, já que isso evitaria possíveis equívocos.

Relógio de sol.

Curiosamente, os ponteiros dos relógio correriam na direção oposta se o tivéssemos baseado o seu funcionamento nos relógios de sol no hemisfério sul. Isso porque os relógios de sol funcionam no sentido anti-horário quando ficam localizados abaixo da linha do equador. Ou seja, é interessante pensar que poderíamos ver as horas nos nossos relógios de uma forma totalmente diferente, caso os modernos fabricantes de relógios tivessem usado os relógios solares do hemisfério sul como exemplo.

Alguns historiadores acreditam que o sentido do avanço da sombra projetada no relógio de sol também pode ter sido o resultado da estrutura do relógio de sol criada minunciosamente com esse objetivo. Os povos árabes e hebreus, muito influentes no desenvolvimento cultural e tecnológico da época, tinham o costume de escrever da direita para a esquerda, o que pode ter sido algo decisivo na representação das horas no relógio de sol. Isso faz muito sentido, já que seria muito mais prático “ler” as horas nesse sentido, pois eles estavam acostumado a fazer o mesmo na hora de escrever seus documentos e livros.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: