Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Notícias

Empresa russa quer mostrar anúncios publicitários na órbita terrestre

Imagine olhar para o céu em uma clara noite de verão e se deparar com vários outdoors luminosos repletos de propaganda. Estranho, não é mesmo? Bem, esse é o futuro imaginado por uma start-up russa que planeja lançar outdoors com anúncios na órbita terrestre baixa já em 2021.

A empresa russa StartRocket anunciou que as propagandas espaciais serão produzidas através de uma grade de satélites chamados CubeSats, que contam com um formato de cubo e pesam pouco mais de 1 quilo. A ideia é que esses minúsculos satélites orbitem entre 400 e 500 quilômetros acima da Terra e usem velas reflexivas para capturar e refletir a luz solar, criando uma matriz pixelizada. Os anúncios só seriam visíveis à noite, mas em compensação, poderiam ser vistos de praticamente qualquer lugar do planeta. A empresa já tem um protótipo do CubeSat e disse pode começar a testar seus anúncios espaciais já no ano que vem.

No entanto, nem todos concordam que ter enormes propagandas no céu noturno será algo bom para todos. Especialistas argumentam que os anúncios luminosos poderão interferir negativamente na capacidade de estudar os céus, ou até mesmo que a rede de satélites acabará se tornando lixo espacial e potencialmente afetará as atividades espaciais mais significativas.

“Colocar mais satélites lá vai abir mais espaço para possíveis colisões e não queremos que isso aconteça”, disse John Crassidis, professor de engenharia mecânica e aeroespacial da Universidade de Buffalo, à NBC News. “Para mim, o maior problema disso é que esses objetos vão se tornar lixo espacial. Eles não servem a nenhum bom propósito além da publicidade, por isso não sou muito fã disso.”

No entanto, a StartRocket não parece se importar com as críticas que o projeto vem recebendo da comunidade científica. A empresa alega que a publicidade espacial é inevitável e comparou as reações que a “publicidade espacial” tem recebido com as reações das pessoas aos anúncios de TV no próprio meio televisivo. Vale destacar que, embora tecnicamente viável, esse projeto provavelmente enfrentará alguns obstáculos regulatórios. Ainda assim, existe a possibilidade de, ao invés de estrelas, observarmos anúncios das maiores marcas do planeta ao olhar para o céu noturno em um futuro não muito distante.

O que você achou dessa ideia? Deixe o seu comentário!

Propaganda. Role para continuar lendo.

Leia Mais

Curiosidades

Os choques elétricos são frequentemente retratados em desenhos e filmes de comédia. O ato é sempre o mesmo: o protagonista se apodera de um...

Curiosidades

Certamente você já deve ter se hospedado em um hotel em algum momento, ou pelo menos já ouviu falar de alguns. Bom, existem diversos...

Curiosidades

Muita gente concorda que os gatos são animais fofos e bastante adoráveis. No entanto, basta uma rápida pesquisa no Google para perceber que os...

Curiosidades

Vivemos em um mundo onde existem mais de 7 bilhões de pessoas, podemos imaginar que cada uma delas possuem características únicas e ainda assim...

Curiosidades

Dos últimos anos para cá os serviços de streaming começaram a se popularizar bastante, afinal a praticidade e facilidade de assistir um filme ou...

Curiosidades

Você já deve saber que as equipes de Fórmula 1 são orientadas por orçamentos com valores extremamente altos. De certa forma isso não é...

Curiosidades

É bem provável que você já tenha assistido a vários documentários da vida selvagem. Em sua grande maioria, esses programas trazem uma combinação de...

Bizarro

Ao longo da história diversos casos bizarros aconteceram ao redor do mundo, alguns chamaram mais atenção que outros. Isso acontece devido ao grau de...