Curiosidades

O que é uma cleptocracia?

O que é uma cleptocracia?

Se você vive antenado em assuntos relacionados a geopolítica, já deve ter se deparado com várias palavras que são muito pouco usadas no nosso dia a dia. Um bom exemplo disso é o termo “cleptocracia”, que apesar de ser relativamente grande, possui um significado bem mais simples do que parece. Vamos conferir?

Caneca para Presente

A cleptocracia é um termo com conotações negativas que é geralmente usado para definir uma forma de liderança onde os membros do alto escalão do governo usam sua autoridade para desviar fundos públicos com o objetivo de obter lucro pessoal e solidificar a sua proeminência política. A cleptocracia é frequentemente praticada sob governos autocráticos, onde a supervisão externa é praticamente inexistente e a distribuição dos fundos públicos é ditada pela própria liderança da nação. Ou seja, esses funcionários corruptos do governo usam os fundos que deveriam ser destinados ao desenvolvimento do país para o seu ganho pessoal.

Existem vários exemplos de governos com essas características em praticamente todo o mundo, onde os líderes governamentais acumulam quantias espantosas de riqueza à custa da maioria dos cidadãos. As cleptocracias costumam estar intimamente associadas com juntas militares, oligarquias, ditaduras e outros tipos de nepotismo ou regimes autocráticos. Os líderes cleptocráticos tratam os recursos da nação como itens pessoais e os gastam em coisas luxuosas e extravagantes, sendo que muitos deles transferem os fundos do país para contas secretas no exterior para driblar possíveis investigações.

Caneca para Presente

A Rússia é frequentemente apontada como um exemplo da cleptocracia moderna, de modo que o atual presidente do país, Vladimir Putin, é descrito por muitos analistas geopolíticos como a “verdadeira definição de um líder cleptocrático”. Apesar da ascensão astronômica de Vladimir Putin à cúpula política russa ter siso alimentada por promessas de remover todas as oligarquias do país, o presidente mais tarde adotaria tendências cleptocráticas ao acumular riqueza. No regime de Putin, estima-se que 35% da riqueza do país seja controlada por apenas 110 pessoas, sendo que a maioria delas são parentes ou conhecidos íntimos do presidente.

A África é geralmente apontada como o continente que possui o maior número de líderes cleptocráticos do mundo, o que acaba devastando a economia dessas nações. Muitos desses países africanos são dotados de uma grande quantidade de recursos naturais, como metais preciosos e combustíveis fósseis, mas que ao invés de beneficiar a população, acabam enchendo os bolsos dos seus líderes.

E você, já tinha ouvido falar nesse termo? Deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de