Curiosidades, Saúde

Psicodrama: O que é e para que serve?

Muito provavelmente você já deve ter visto em filmes aquela famosa cena com uma roda de pessoas sentadas expondo e dramatizando seus problemas não é mesmo? Essa prática é muito mais comum do que muitos imaginam e ela se chama Psicodrama. Nesse tipo de terapia pessoas de todas as idades podem participar e ela busca da forma mais criativa possível solucionar problemas longos e até mesmo curtos que podemos estar passando.

Como tudo começou

Jacob Levy Moreno foi aluno de Freud e criador do psicodrama. Ele era médico, psicólogo, filósofo e dramaturgo, com um currículo desses e juntando todas as experiências ele não poderia ter uma ideia melhor que criar essa terapia. A terapia nasceu em um Teatro Dramático em Viena, capital da Áustria. Para Moreno, expor os problemas poderiam fazer com que as pessoas ficassem bem consigo mesmas e conseguissem lidar com os conflitos internos. Alguns de seus primeiros trabalhos aplicando a Psicoterapia em grupo e o Psicodrama foi com um grupo de prostitutas e um outro de refugiados.

O Psicodrama funciona como um teatro espontâneo e um grupo de pessoas devem resolver seus problemas durante a encenação e é dividido em algumas partes:

  1. Aquecimento: O grupo começa a preparação e busca um tema a ser abordado;
  2. Encenação: Onde todos começam a expor seus problemas em forma dramática;
  3. Análise: O grupo compartilha a sua experiência na encenação;
  4. Encerramento: Cada participante fala um pouco do que aprendeu;
  5. Resumo do Terapeuta: Por fim o terapeuta fala sobre a sessão que acabou de acontecer e faz com que fique mais fácil cada um compreender o que aconteceu.

Caso a sessão não esteja fluindo bem o terapeuta intervém para que a sessão não seja quebrada ou encerre antes do tempo. O Psicodrama também nos ajuda a dar forma aos nossos sentimentos para que fique mais fácil lidarmos com ele. Se não houver conflito, não há como ter dramatização e consequentemente não existe cena. Ser espontâneo é sem dúvida um ponto forte no Psicodrama já que quem está realizando a terapia deve sentir-se liberto.

Curtiu saber um pouco mais sobre o Psicodrama? Então compartilha e comenta!

 

Você também pode gostar de